Rose Namajunas vence Joanna Jedrzejczyk em revanche parelha

O co-evento principal, poderia ser facilmente a principal atração da edição de número 223 do UFC, realizado em Nova York. A revanche entre Rose Namajunas x Joanna Jedrzejczyk, atraiu ainda mais holofotes para mais um histórico evento do Ultimate. Essa luta foi válida pelo peso palha e o cinturão da categoria estava em jogo.

Leia mais:
– Conor McGregor se entrega a polícia em Nova York
– [VÍDEO] Dana White detona Conor McGregoru por vandalismo
– UFC divulga comunicado oficial sobre confusão envolvendo Conor McGregor no UFC 223
Luta entre  Rose Namajunas x Joanna Jedrzejczyk

Com previsão de cinco rounds de cinco minutos, as lutadoras vieram num ritmo acelerado para o inicio do combate. Joanna Jedrzejczyk foi a primeira a conseguir tocar o frontal de sua oponente com jabs. A polonesa esferiu bom chute baixo e Namajunas jogava no contragolpe.  Na altura da metade do assalto, a trocação foi acelerando ainda mais, com ambas se tocando, mas com Joanna sendo mais efetiva. No minuto final, a Rose Namajunas soltou mais seu jogo, deixando o round parelho, mas com leve vantagem para a Jedrzejczyk.

O ritmo frenético se manteve para retornarem ao segundo round. Rose Namajunas estava com o jogo mais solto, mas Joanna Jedrzejczyk continuava muito ligada no combate. O publico levantou-se quando a americana emplacou uma sequência de socos, que foram absolvidos pela polonesa. Jedrzejczyk tentou investir numa queda e foi surpreendida com um duro sono de encontro. A trocação ficou franca no centro do tablado, com a Rose Namajunas levando a melhor. Os últimos segundos do round foi com a luta travada na grade. Assalto com leve vantagem para Namajunas.

Para o terceiro e último round, a proposta segui sendo a mesma. O ritmo frenético continuou cadenciando a luta. Rose Namajunas e Joanna Jedrzejczyk iam se experimentando no centro do octógono, com ambas se tocando constantemente. O jab de esquerda de Namajunas tocava o frontal da polonesa com boa frequência, que respondia com chutes.  Joanna apertou o passo mais ainda no último minuto, encerrando mais um round parelho, levando a polonesa.

Já no quarto round, com o desempenho físico impressionante, Joanna Jedrzejczyk mostrava-se mais inteira. Rose Namajunas diminuiu o seu ritmo e passou a ser mais golpeada no round. A americana estava ainda viva na luta, porém sua desafiante foi melhor no round. Esse foi o assalto mais claro até então.

O impressionante ritmo frenético seguiu para o quinto e último round. Rose Namajunas conseguiu aplicar os primeiros golpes contundentes desse assalto. A Joanna Jedrzejczyk tentava responder, mas a americana golpeava com mais precisão. Com o decorrer do round, a Joanna foi tomando de conta da luta novamente, emparelhando mais um round. A Rose Namajuna conseguiu aplicar um queda nos últimos segundos, mas já não havia mas tempo para nada e, ao nosso entendimento, a campeã perdeu mais um round e consequentemente a luta.

O combate foi para a soma das papeletas dos árbitros laterais, que apontaram a vitória de Rose Namajunas por decisão unânime.

 

 

artes marciais, artes marciais mistas, cinturão, Joanna Jedrzejczyk, mixed martial arts, MMA, Rose Namajunas, UFC, UFC 223, Ultimate Figther Championship


Paulo Filho

Estudante de Direito. 20 anos. Mossoró-RN. Apaixonado pelo MMA e dedicado ao jornalismo esportivo desde 2012. "Um espírito nobre, engrandece o menor dos homens" (Jebediah Obadiah Springfield)

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs