[Vídeo] Amanda Nunes critica treinador de Pennington que não deixou atleta desistir da luta

1

Ontem (12) a brasileira Amanda Nunes defendeu o seu cinturão lutando no Brasil, na edição 224 da maior organização de MMA. A ‘Leoa’ atropelou em cinco rounds, a desafiante Raquel Pennington, mantendo seu título de campeã do peso galo do Ultimate.

Mesmo sendo ex-parceiras de treino, as lutadoras não se resguardaram e, a trocação franca foi constante nos cinco assaltos. Mesmo não se entregando, Pennington foi vencida com boa vantagem na maioria dos rounds. A pena da americana apresentou hematomas em sua perna logo no início da luta. Cortes no seu rosto provocaram sangramentos com os duros socos de ‘Leoa’.

Leia também
[Vídeo] Kelvin Gastelum vence Ronaldo Jacaré por decisão dividida no UFC 224
[GIF] Mackenzie Dern finaliza Amanda Cooper no UFC 224

Raquel Pennington vinha resistindo duramente ao atropelo de Amanda Nunes, mas do intervalo do quarto para o quinto round, a lutadora comentou com seu treinador que não aguentava mais.

Mesmo com a atleta declarando que estava ‘Acacada’, o treinador não jogou a toalha e Pennington retornou. A atitude controversa do treinador lhe rendeu crítica por parte da Brasileira. Amanda disse que o seu corner nunca a deixaria naquela situação e que ele falhou.

Em vídeo publicado nas redes sociais, a atleta americana diz: “acabou, quero que acabe”, referindo-se claramente ao combate. O treinador por sua vez não considerou o pedido de sua atleta.

— Acredito que vão criticar ele nas redes sociais. Acredito que ela (Raquel) tem que se rodear de pessoas que querem o seu bem, para ela evoluir para as próximas lutas. Infelizmente hoje ele falhou. – Disse Amanda Nunes.

A declaração da ‘Leoa’ foi dada na coletiva de imprensa que aconteceu após a luta.

Carreiras de Amanda Nunes e Raquel Pennington

A brasileira Amanda Nunes vinha numa sequencia de seis vitórias consecutivas. Com 29 anos de idade, a ‘Leoa’ fez 20 lutas como lutadora profissional de MMA. Dessas venceu em 16 oportunidades e perdeu outras 4.

Já Raquel Pennington, também com 29 anos de idade, fez sua 15ª luta como lutadora profissional de MMA. Seu record pessoal é de 9 vitórias e 5 derrotas.

Deixe uma resposta