UFC 224 – Bônus: Lyoto Machida, Oleynik, Jacaré e Gastelum garantem prêmio de performance

0

Em um evento repleto de nocautes e finalizações, com certeza o UFC não teve vida fácil para escolher os prêmios de performances do UFC 224, neste sábado (12), na Jeunesse Arena no Rio de Janeiro.

Com performances para lá de técnicas, Lyoto Machida e Alexey Oleynik garantiram o bônus de performance, enquanto o duelo entre Ronaldo Jacaré e Kelvin Gastelum foi eleito a “luta da noite”. Cada um levou 50 mil dólares (cerca de R$ 178,5 mil).

Na penúltima luta do card preliminar, o veterano Alexey Oleynik emplacou sua 56º vitória na carreira, ao finalizar o brasileiro Junior Albini com sua especializada finalização – Estrangulamento Ezequiel – Onde na guarda, por baixo, pressiona o pescoço do oponente de cima para baixo. A rara finalização é apenas a segunda realizada no UFC, sendo a primeira sendo realizado pelo próprio Oleynik.

Leia também: Amanda Nunes critica treinador de Pennington que não deixou atleta desistir

Em um dos combates mais aguardados da noite, Kelvin Gastelum e Ronaldo Jacaré cumpriram as expectativas esperadas do duelo. Com bastante tensão no ar, a disputa foi parar na mão dos juízes laterias que confirmaram a vitória do americano por decisão dividida.

Sem dúvidas, a luta mais comentada após o evento foi a primeira do card principal. Em um embate entre lendas, o ex-campeão Vitor Belfort fez sua última luta na carreira contra o também ex-campeão Lyoto Machida, entretanto, sua despedida dos octógonos foi bastante indigesta. Com um nocaute parecido com o de Anderson Silva contra o mesmo Belfort em 2011, Lyoto Machida acertou um lindo chute frontal, nocauteando o carioca. Ainda no octógono, após a luta, Belfort confirmou sua aposentadoria.

CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DO UFC 224 – Nunes Vs. Pennington

Deixe uma resposta