Stephen Thompson revela rompimento do ligamento no joelho em luta contra Darren Till

No UFC Fight Night 130, o americano Stephen Thompson enfrentou o inglês Darren Till na luta principal, no dia 27 de maio em Liverpool na Inglaterra. Na ocasião, Darren Till venceu o ex-desafiante do cinturão dos meio-médios por decisão dividida.

Além do revés, Thompson em entrevista para o site Bj Penn, revelou que também rompeu o ligamento do joelho durante o embate após chutes laterais de Till. Frustrado com a lesão, o americano relatou que na sua opinião, o golpe deveria ser banido do MMA.

“Você sabe, houve uma coisa que realmente me atrasou durante a luta e que foi o chute lateral no joelho. Me pegou no meio do joelho no primeiro ou segundo round. Eu acredito que foi no segundo round, se bem me lembro. Mas sim cara, eu ouvi algumas rachaduras e estouros e isso me atrasou tremendamente, então foi difícil para mim me mover do jeito que eu queria. Eu também estava preocupado que se ele batesse de novo a luta terminaria. Não só a luta, mas também minha carreira. Teria sido devastador romper meu ligamento cruzado anterior pela segunda vez. Mas sim, depois de assistir a luta, você sabe, há sempre algo em que você pode voltar e trabalhar. Eu sinceramente acho que o golpe deveria ser ilegal. Isso poderia acabar com a carreira de alguém”.

Leia também: Alexa Grasso enfrenta Angela Hill no UFC Lincoln

Ainda que confirmada a lesão, Thompson alegou a não necessidade de uma cirurgia, todavia, deverá ficar oito semanas ausente dos octógonos.

“Você sabe que eu rompi meu ligamento colateral medial na luta com Till. Fizemos uma ressonância magnética e, felizmente, nada mais foi danificado. Nenhuma cirurgia é necessária para esta lesão, mas eu tenho que dar pelo menos oito semanas para curar corretamente antes que eu possa voltar ao treinamento”.

Aos 35 anos de idade, Stephen Thompson acumula em seu cartel profissional 14 vitórias, três derrotas e um empate. No Ultimate, o peso meio-médio disputou o cinturão contra o campeão Tyron Woodley no UFC 205. Na ocasião o duelo foi declarado empate e o cinturão permaneceu com Woodley. Mais adiante, uma nova luta foi marcada, dessa vez para o UFC 209 onde Tyroon venceu por decisão majoritária.

FOTO: Getty Images

Etiquetas: , ,


Kelvin Paulo

Estudante de jornalismo. Sinop MT. 19 anos. Redator do site Tudo Sobre MMA e TV Fight.

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs