Os 8 Brasileiros mais Próximos de um Title-shoot

Numa época onde nas divisões masculinas do UFC não há nenhum brasileiro, e por outro lado uma completa dominância das divisões femininas, vivemos uma verdadeira “entressafra” nas categorias masculinas. Onde nossos velhos campeões parecem estar um nível abaixo dos seus concorrentes e vemos uma nova geração começar a ganhar destaque na organização.

Analisando categoria por categoria, chegamos a 8 brasileiros que devem estar bem próximos de um title-shoot, vamos ver quem seriam esses nomes:

1) Raphael Assunção

Com 11 vitórias em suas ultimas 12 lutas e com 4 vitórias em sequência, Raphael deve ser o próximo desafiante na divisão dos galos. E deve encarar o vencedor da revanche entre o TJ Dillashaw e o Cody Garbrandt.
Embora o cartel arrasador, Raphael ainda parece estar um degrau abaixo de nomes como o do TJ, Cody e Dominick Cruz, porém o brasileiro foi um dos poucos a vencer o atual campeão.

Mas o que pode atrasar a disputa de cinturão do Raphael são duas situações, ou uma super luta entre o vencedor de TJ e Cody contra o Demetrius Jhonson (campeão dos moscas) ou ainda o Marlon Moraes furar a fila.

2) Marlon Moraes

Com 16 vitorias nas ultimas 17 lutas, e com a única derrota no UFC justamente na estreia no UFC contra o Raphael Assunção. Marlon Moraes é uma das grandes revelações da nova geração do MMA nacional.
Venceu muito bem seus últimos 3 oponentes no UFC, inclusive o temido Jimmie Rivera além de John Dodson e Sterling. Essas vitorias (principalmente a ultima contra o Rivera) podem fazer ele furar a fila e ganhar seu title-shoot antes do Raphael.

3) Paulo “Borrachinha”

Apontado como uma das grandes revelações do ultimate, o Paulo Borrachinha vem de maneira solida conquistando seu espaço no evento. Atleta invicto com 12 vitorias, um pouco de marra e muita entrega envolvida, o Borrachinha vem liquidando seus adversários com grande vantagem.

Ainda não tinha sido testado em alto nível, mas passou bem pelo teste contra o Hall e agora confirmou a luta que, caso vença, irá garantir seu title-shoot. O adversário é o atual #1 do ranking dos Médios Yoel Romero. Que vem de duas disputas de cinturão. Será o maior teste que o Borrachinha poderia ter antes de um title-shoot.
Vencendo esse desafio, o Borrachinha certamente irá lutar contra o vencedor de Whitaker e Gastelum. Dois nomes fortes da divisão que provavelmente é uma das mais equilibradas do UFC.

4) Antonio “Cara de Sapato”

Ofuscado pelo nome do Borrachinha na divisão, o Cara de Sapato é o #12 da divisão e vem de 5 vitorias seguidas. O seu cartel de 10-2 merece respeito e desde que ele entendeu que deve usar seu melhor, ou seja, seu jiu-jitsu faixa preta para vencer suas lutas, ele ficou imparável.

Vem lutando de forma solida, vencendo seus confrontos e garantindo suas vitorias numa trocação mediana mas compensada pelo jogo de chão afiadíssimo, na verdade um dos melhores da divisão na arte-suave.

Porém recentemente foi anunciado seu confronto com o Elias Theodorou no UFC São Paulo. Em caso de vitória do Brasileiro, ele ainda vai depender de pelo menos mais duas vitórias contra Tops 10 para ter seu title shoot, e uma derrota iria joga-lo para muito longe da disputa. Dificilmente teremos o Cara de Sapato disputando o cinturão em 2019.

5) Jéssica Bate-estaca

Atual #2 da divisão das peso-palha, a Jéssica vem de 5 vitorias nas ultimas 6 lutas, sendo sua derrota na sua disputa de cinturão contra a Joanna Jedrzejczyk.

Numa divisão com poucas candidatas ao título bem ranqueadas que não tenham sido vencidas pela própria Rose Namajunas (campeã) ou pela Jéssica, o caminho para a disputa de cinturão está bem aberto. Recentemente foi anunciado o confronto entre a Jéssica e a Karolina Kowalkiewicz no UFC 228, a vitória certamente significará o Title Shoot.

Vencendo um eventual title shoot, seria nosso terceiro cinturão nas categorias femininas, mostrando a força do MMA Nacional Feminino que a cada dia revela mais atletas de peso.

6) Ketlen Vieira

E por falar e revelações, a invicta (10-0) Ketlen Vieira é uma forte candidata a ameaçar a também brasileira Amanda Nunes. Vindo de vitorias sobre a Cat Zingano e Sara McMann a Brasileira já tem credencial para desafiar a Amanda.
Porém a novela Amanda vs Cyborg pode atrapalhar seus planos, pois a Amanda deve disputar em novembro o cinturão das peso-pena contra a também brasileira Crys Cyborg.

Enquanto aguarda o final dessa novela, a Ketlen irá lutar contra Tonya Evinger no UFC São Paulo. Confirmando sua vitória, ela deve disputar o cinturão.

7) Junior Cigano

Atualmente figurando a posição #7 na divisão, emplacando uma segunda vitória seguida, pode já ficar apto a disputar o cinturão, visto que a divisão dos pesados tem um histórico de pouca movimentação nas categorias. Então se o Cigano manter-se vencendo, com mais uma ou no máximo duas vitórias, deve ter seu title-shoot.

8) José Aldo

Depois da vitória arrasadora e numa luta bem movimentada, José Aldo volta a figurar entre os postulantes ao cinturão. Porém a permanência do Holloway como campeão pode complicar uma eventual disputa pois o Aldo vem de 2 derrotas seguidas para o Holloway. Então possivelmente veremos o Aldo lutar pelo menos mais uma vez para ter sua nova chance de voltar a ser campeão. Um possível adversário seria o Cub Swanson (#5) que a muito vem pedindo por uma revanche contra o Aldo.

Então pessoal, quem desses tem mais chance de conquistar o cinturão? E nem não deveria nem pensar nisso? Comentem nas nossas redes sociais com sua opinião!


Tarcio Martins

31 anos, Engenheiro, faixa preta de Taekwondo e praticante de MMA

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs