Veterano Gleison Tibau é demitido do UFC

Gleison Tibau é demitido do UFC

Mais um lutador brasileiro é desligado da maior organização de MMA do mundo, dessa vez, Gleison Tibau foi cortado. O atleta potiguar fez a sua última luta no UFC em janeiro, onde enfrentou e perdeu para Desmond Green. O ‘Tibau’, na ocasião, foi vencido por decisão unânime dos árbitros.

Recentemente, outro brasileiro tomou o mesmo rumo que Gleison Tibau. O Vitor Miranda, por meio de suas redes sociais, anunciou a sua demissão da organização. Além disso, ‘Vithai’ usou seu canal para falar sobre o ocorrido (Confira). O histórico de tolerância do UFC com derrotas consecutivas é bastante conhecido. Tal fato foi determinante para o desligamento de ambos os atletas.

Leia também
Dana White revela possibilidade da saída de Eddie Alvarez do UFC
Exclusiva: Gilliard Paraná fala sobre equipe, último revés de Jéssica e recuperação de Priscila Pedrita
Aaron Pico enfrenta Leandro Higo no Bellator 206

Gleison Tibau nunca foi campeão do UFC, mas no entanto, é detentor de um recorde dentro do Ultimate. Sendo contratado desde o UFC 65, o lutador natural do Rio Grande do Norte é o brasileiro que mais vezes lutou no octógono do UFC. Ao longo dos 12 anos como funcionário da organização, foram ao todo 28 combates realizados pelo mesmo.

O começo do fim foi no UFC 184, onde foi finalizado por Tony Ferguson e deu início a sequência negativa de quatro revezes. Nesse meio tempo entre as citadas derrotas, ainda veio a queda no exame antidoping da USADA, junto a condenação e a suspensão do Gleison Tibau.

Em conversa com o portal Ag.Fight, o lutador reconheceu a má fase, mas mesmo assim, lamentou a sua demissão. Tibau declarou estar chateado e abalado com o ocorrido.

— A gente fica chateado. Foram 12 anos na organização e sempre salvando card. Recebi muita luta com uma ou duas semanas (de antecedência). Fiquei abalado, e aí caiu a ficha. – Disse o lutador.

Carreira do Gleison Tibau

Profissional de MMA desde o ano de 1999, começou lutando no interior do Rio Grande do Norte, onde logo se destacou. Após isso, foi expandindo para o nordeste, o restante do Brasil e iniciou a carreira internacional.

Seu vinculo com o UFC se iniciou no ano de 2006, onde perdeu para Nick Diaz na estreia dentro da organização. Após perder para Ferguson, venceu Abel Trujilo no octógono, mas pela condenação do doping, o resultado reverte-se em derrota.

Foto: Jason Silva-USA TODAY Sports

artes marciais, artes marciais mistas, Demitido, Gleison Tibau, mixed martial arts, MMA, UFC, Ultimate Figther Championship


Paulo Filho

Estudante de Direito. 21 anos. Mossoró-RN. Apaixonado pelo MMA e dedicado ao jornalismo esportivo desde 2012. "Um espírito nobre, engrandece o menor dos homens" (Jebediah Obadiah Springfield)

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs