Jon Jones planeja mais duas luta contra Cormier: “Quero esmagar sua confiança”

Em uma rivalidade contínua, a história de Jon Jones e Daniel Cormier parece não ter chegado ao fim. Em entrevista à “RT Sports”, Jon Jones falou sobre a rixa com DC e possível retorno ao MMA. O ex-campeão cumpre suspensão imposta pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) após mais uma vez testar positivo para uso de drogas, dessa vez no UFC 214 em julho de 2017.

Na ocasião, Jones saiu o vencedor por nocaute técnico no terceiro round, entretanto, o combate ficou “sem resultado” após a comprovação do uso de substância proibida. Na entrevista, o americano revelou estar confiante para uma redução da pena.

“Acredito que foi encontrada no meu sistema uma quantidade muito pequena do metabólito, mas nunca usei intencionalmente nenhum melhorador de desempenho, e tenho trabalhado duro no último ano para tentar provar isso. Neste momento ainda estamos esperando pelo que eles vão fazer. Estou esperando por uma sentença reduzida com menos de quatro anos, mas não sei o que vai acontecer, então estou apenas me mantendo fiel e tentando fazer as coisas certas, apenas me concentrando nas coisas que posso controlar enquanto espero.”

Esse foi o segundo confronto com Cormier, o primeiro aconteceu em 2015 quando Jon Jones venceu por decisão unânime e manteve o cinturão meio-pesado, na época. Em situações diferente atualmente, Daniel ficou com o título vago e fez história em julho deste ano após nocautear o campeão peso-pesado Stipe Miocic, acumulando assim o segundo cinturão de forma simultânea.

Com um misto de sentimentos, Jones alegou que ficou confuso com a performance de DC depois de derrotar Miocic.

“Na noite daquela luta, fiquei confuso. Uma parte de mim estava chateada no começo. Primeiro fiquei surpreso. Então, fiquei um pouco chateado porque Daniel Cormier foi coroado o primeiro campeão peso-pesado e meio-pesado, e no meu coração sei que Daniel Cormier não é o campeão meio-pesado, por isso me incomodou no começo – disse Jon Jones, para em seguida contar que no dia seguinte tentou aceitar melhor a situação.”, em sequência, o ex-campeão relatou que mudou de opinião.

“Depois de algumas horas acordado, percebi que não posso ser um “hater”. O sucesso de outra pessoa não tem nada a ver comigo. O que Deus tem para Daniel Cormier é para Daniel Cormier, e o que ele tem para mim é para mim, e então tive que encontrar um lugar em meu coração para estar feliz por ele. Ao mesmo tempo, quando voltar ao jogo e conquistar o título meio-pesado de volta e me tornar campeão peso-pesado ao mesmo tempo, sinto que os fãs saberão que sou o primeiro campeão peso-pesado e meio-pesado. Meu tempo chegará novamente, mas tenho que estar feliz por ele e deixá-lo atingir seu próprio nível pessoal de grandeza.”

Mesmo com Cormier alegando que pretende se aposentar em breve, Jones manifestou desejo de enfrentar o wrestler em mais duas oportunidades, Primeiramente na categoria dos meio-pesados e depois na divisão acima – pesados.

“Minha visão é lutar com ele no meio-pesado primeiro. Acho que derrotá-lo pela terceira vez faria algo em sua confiança. Em sua cabeça, sinto que ele acha que ainda pode me bater, especialmente porque a luta estava indo muito bem para ele até que o derrubei. Quero esmagar sua confiança… Ele me disse uma vez: “Jon Jones, sempre serei aquele garoto na sua faixa”, significando que ele sempre estará no mesmo torneio que eu. Tenho certeza que ele lamenta isso porque sempre vemos quem acaba em primeiro lugar quando nos enfrentamos. Quero quebrar a ideia dele pensando que pode me bater. Acredito que fazer isso no meio-pesado seria a coisa mais inteligente a fazer, pela terceira vez.”

“Numa possível quarta luta, desta vez pelo título mundial peso-pesado, sua confiança não estará no lugar certo, e acho que vai me ajudar a conquistar a quarta vitória sobre ele e aquele título peso-pesado. Não importa o quanto ele treine, eu treino um pouco mais. Sou um pouco mais jovem, um pouco mais longo, um pouco mais bonito.”, encerrou Jones provocando Cormier.

FOTO: Josh Hedges – Getty Images

Leia também: Virna Jandiroba vence Janaisa Morandin e mantém cinturão no Invicta FC

Daniel Cormier, Jon Jones, UFC


Kelvin Paulo

Estudante de jornalismo. Sinop MT. 19 anos. Redator do site Tudo Sobre MMA e TV Fight.

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs