Lutadora de MMA, índia e lésbica, Sharice Davids é eleita para o Congresso dos EUA

Sharice Davids em frente ao Capitólio, prédio que serve como centro legislativo do governo dos EUA e que fica fica localizado no bairro Capitol Hill em Washington, D.C. ( Cortesia : Getty Images ).

Depois de Markwayne Mullin, um competidor de MMA do estado de Oklahoma que foi eleito para a Câmara dos Deputados dos EUA nas eleições de 2012 pelo Partido Republicano, teremos um outro lutador representando essa modalidade no congresso norte-americano.

Trata-se da democrata Sharice Davids, do Kansas. Ela fará história por ser a primeira mulher americana de origem indígena, bem como a primeira deputada lésbica eleita pelo estado do Kansas durante as chamadas “midterms” ( eleições de meio de mandato ) de 6 de Novembro.

Nascida na tribo Ho-Chunk Nation, de Wisconsin, ela derrotou Kevin Yoder, um congressista por quatro mandatos, no 3º distrito do Kansas, por 53% a 43% dos votos e foi eleita para o Congresso.

Já abertamente gay, obviamente Sharice não tentou esconder sua orientação sexual durante a campanha, tornando-se a única ex-atleta da comunidade LGBTQ concorrendo a um cargo federal nessa eleição histórica, que também elegeu para o congresso outra indígena, Deborah Haaland ( do Novo México ) e duas mulheres muçulmanas, Ilhan Omar ( de Minnesota ) e Rashida Tlaib ( de Michigan ), todas elas pelo partido Democrata.

Sharice Davids, que também é advogada, tem um recorde no MMA composto por 8 lutas, sendo 6 amadoras ( 5-1 ) e 2 profissionais ( 1-1 ).
Ela teve a sua estreia como amadora em 27 de outubro de 2006, quando encarou Courtney Martell em luta do peso palha ( em geral, para lutadoras entre 48 kg e 52 kg ) no evento chamado ISCF-Midwest Fightfest, realizado em Kansas City.

Já a sua estreia profissional aconteceu em 1º de novembro de 2013, quando ela venceu Nadia Nixon no Shamrock Fighting Championship ( show fundado em 1998 para ajudar a desenvolver jovens lutadores em St. Louis, Missouri, e encabeçado pela frase “Las Vegas Style Fights”, ).

Depois de ser eliminada durante a 20ª temporada de The Ultimate Fighter, Sharice começou a viajar pelos Estados Unidos e decidiu trabalhar em questões nativas como uma advogada na área. Daí para seguir a carreira política ‘foi um pulo’.

Em entrevistas concedidas para a mídia especializada, Sharice disse que seu treinamento e experiência no MMA a ajudaram nessa conquista no mundo político e que os ensinamentos obtidos com a prática das artes marciais continuarão norteando o seu trabalho, agora no Capitólio.

Sharice Davids – Ela é lutadora de MMA, lésbica e a primeira mulher índia eleita para o congresso dos EUA ( Cortesia : Outsports ).

Congresso, eleita, EUA, índia, lésbica, lutadora, LutadoradeMMA, ShariceDavids

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs