UFC 232 - Jon Jones nocauteia Alexander Gustafsson no terceiro round

UFC 232: Jon Jones nocauteia Alexander Gustafsson

Cinco anos depois de uma luta não tão clara para todos, Jon Jones reencontrou Alexander Gustafsson dentro do octógono. Foi na luta principal do UFC 232 que Jones vs Gustafsson II aconteceu, depois de muita polêmica e provocação.

Leia mais:
Confira todos os resultados do UFC 232
Amanda Nunes nocauteia Cris Cyborg no primeiro round

A luta com previsão de cinco rounds começou estudada, com Jon Jones tentando botar a luta para baixo, mas não conseguindo. Os chutes na altura no joelho eram conectados a todo momento por Jon Jones. Alexander Gustafsson respondia contra-golpeando de maneira similar. Os atletas se experimentavam mas nenhum desferia sequência. Jones insistia em levar a luta para o solo, mas o sueco resistia as investidas. Mesmo sendo um round de ‘reconhecimento’ Jon Jones venceu com leve vantagem.

O segundo assalto começou mais frenético. Jon Jones e Alexander Gustafsson soltaram mais o jogo, mas na envergadura, o americano levava leve vantagem. A luta foi paralisada após Gustafsson colocar o dedo no olho de Jones. Após a parada, a luta voltou mais solta e o sueco passou a caminhar mais para frente, conectando bons golpes. Jones não deixava os golpes sem respostas e com os chutes baixos atingia de maneira contundente o adversário.  O round foi novamente muito parelho, podendo ser atribuído a qualquer um deles.

Jones voltou para o terceiro round já carimbando o frontal do adversário e já nos primeiros segundos, conseguiu colar o Gustafsson de costas no solo. O sueco tentava a qualquer custo sair dessa posição,o que abriu brecha para Jon Jones dominar as suas costas. Com a posição consolidada, Jones martelou  com duros socos e cotoveladas, forçando o árbitro a interromper.

Carreira de Jon Jones e Alexander Gustafsson

Aos 31 anos de idade, o maior adversário de Jon Jones é o próprio. Um lutador tido por muito como maior de todos os tempos, vem manchando a carreira entre doping, drogas e outras polêmicas. Veio mais um vez ao octógono para fazer o que mais sabe. Como lutador profissional de MMA, Jon Jones fez 25 lutas, tendo saído como vencedor e 23 ocasiões, saiu derrotado em (1) e tem 1 ‘No Contest’.

Por outro lado, Alexander Gustafsson foi o adversário que mais deu trabalho para Jones, há quem diga que o sueco até venceu o combate no UFC 165. Também com 31 anos, Gustafsson fez 23 lutas como atleta profissional de MMA. Dessas, venceu em 18 oportunidades e foi vencido 5 vezes.

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Alexander Gustafsson, artes marciais, artes marciais mistas, Cris cyborg, Jon Jones, mixed martial arts, MMA, UFC, UFC 232, Ultimate Figther Championship


Paulo Filho

Estudante de Direito. 21 anos. Mossoró-RN. Apaixonado pelo MMA e dedicado ao jornalismo esportivo desde 2012. "Um espírito nobre, engrandece o menor dos homens" (Jebediah Obadiah Springfield)

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs