Johnny Walker tem luxação no ombro confirmada e pode retornar em quatro semanas

As consequências da comemoração inusitada de Johnny Walker no UFC 235 já tem um resultado. Conforme noticiou inicialmente o site MMA Fighting, o brasileiro recebeu uma suspensão médica da Comissão de Nevada de 180 dias, porém, o atleta realizou exames na segunda-feira (04) e foi diagnosticado com uma leve lesão de Hill-Sachs (fratura com afundamento da cabeça do úmero, causada por uma luxação), segundo noticiou o site Combate.

O brasileiro machucou o ombro após vencer o letão Misha Cirkunov com apenas 36 segundos do primeiro round. Na comemoração, Walker caiu de mau jeito no octógono.

Protagonista do evento, Jon Jones está com uma suspeita de lesão no pé esquerdo. Se exames confirmarem a gravidade, o americano deverá ficar fora de ação por até seis meses, ou poderá retornar antes do dia 30 de agosto com autorização de um ortopedista.

O brasileiro Pedro Munhoz é mais uma que também corre risco de ficar fora por seis meses. Caso um exame de radiografia confirme uma lesão no dedão direito da mão direita, também ficará afastado por 160 dias, ou antes, caso um médico especializado autorize seu retorno.

CONFIRA TODAS AS SUSPENSÕES MÉDICA DOS LUTADORES DO UFC 235:

Jon Jones: Necessita de uma radiografia no pé esquerdo, ou só retorna com autorização de um médico antes do dia 30/08. Sem lutar até 17 de abril, devido a uma laceração no olho esquerdo. Sem contato até o dia 2 de abril.

Anthony Smith: Necessita de radiografias no nariz e nas costelas; se resultado for positivo, precisa de liberação de um médico, ou não pode lutar até 30/8; suspensão mínima sem luta até 17/4, sem contato até 2 de abril.

Tyron Woodley: Necessita de ressonância magnética do dedão da mão direita; se resultado for positivo, precisa de liberação de um ortopedista, ou não pode lutar até 30/8; suspensão mínima sem luta até 2/4, sem contato até 24/3.

Johnny Walker: Necessita de uma radiografia no ombro. Suspenso até o dia 30/8, ou antes, caso tenha uma autorização de um médico.

Tecia Torres: Necessita de radiografias do tornozelo direito e do pé direito; se resultado for positivo, precisa de liberação de um ortopedista, ou não pode lutar até 30/8; suspensão mínima sem luta até 2/4, sem contato até 24/3.

Zabit Magomedsharipov: Necessita de radiografias do tornozelo esquerdo e do pé esquerdo; se resultado for positivo, precisa de liberação de um ortopedista, ou não pode lutar até 30/8; suspensão mínima sem luta até 2/4, sem contato até 24/3 devido a laceração no olho esquerdo.

Pedro Munhoz: Necessita de uma radiografia do dedão da mão direita, caso o resultado seja positivo, só poderá retornar com autorização de um médico antes do dia 30/08. Sem lutar até o dia 17 de abril e sem contato até dia 2 de abril.

Gina Mazany: Necessita de radiografias do nariz e da mão esquerda; se resultado for positivo, precisa de liberação de um médico, ou não pode lutar até 30/8; suspensão mínima sem luta até 2/5, sem contato até 17/4.

Macy Chiasson: Necessita de radiografia da mão esquerda; se resultado for positivo, precisa de liberação de um ortopedista, ou não pode lutar até 30/8.

Hannah Cifers: Necessita que o antebraço esquerdo fraturado seja liberado por um ortopedista, ou não pode lutar até 30/8; suspensão mínima sem luta até 17/4, sem contato até 2/4.

Cody Garbrandt: suspenso até 2/5, sem contato até 17/4.

Misha Cirkunov: suspenso até 2/5, sem contato até 17/4.

Charles Byrd: suspenso até 2/5, sem contato até 17/4.

Poliana Viana: suspenso até 2/5, sem contato até 17/4.

Mickey Gall: Necessita de liberação médica, incluindo liberação renal, antes de começar a treinar de novo; suspensão mínima sem luta até 17/4, sem contato até 2/4.

Kamaru Usman: suspenso até 2/4, sem contato até 24/3.

Ben Askren: suspenso até 2/4, sem contato até 24/3 devido a laceração na sobrancelha esquerda.

Weili Zhang: suspenso até 2/4, sem contato até 24/3.

Alejandro Perez: suspenso até 2/4, sem contato até 24/3.

Johnny Walker, Jon Jones, Pedro Munhoz, UFC


Kelvin Paulo

Estudante de jornalismo, 20 anos. Sinop MT. "Pois o impossível é apenas uma questão de opinião".

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2019 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs