Alex Cowboy vai responder em liberdade; Exame confirma lesão na nuca

Um exame de corpo de delito comprovou uma lesão na ex-esposa do lutador do UFC Alex Cowboy. O brasileiro é suspeito em agredir a ex no último sábado, na cidade de Três Rios, no Rio de Janeiro. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (29) pelo delegado André Lourenço.

“Foi uma tumefação de quatro centímetros de diâmetro em região occipital superior do crânio – nuca -, ou seja, confirmada lesão corporal por ação contundente”, revelou o delegado do caso.

Ainda segundo o delegado André Lourenço, o lutador do Ultimate irá responder em liberdade, já que não tem histórico de violência doméstica.

“A não ser que ele volte a ameaçá-la ou agredi-la, não existe chance de o lutador ser preso e isso acontece em vários casos de violência, não é só exclusividade do Alex”.

ENTENDA O CASO:

De acordo com a Polícia Civil, a jovem de 24 anos levou seu filho na casa dos pais de Alex Cowboy, para uma visita. Entretanto, o peso-meio-médio do UFC chegou alcoolizado no local e querendo levar o bebê de moto sem capacete. Ainda segundo a ex-companheira do lutador, ao tentar impedir, Cowboy puxou seu cabelo, desferiu socos e quebrou vidros e uma porta da residência.

A Polícia revelou que Alex conseguiu subir na moto e levou o filho sem capacete. A criança foi deixada com sua irmã. Em sequência Cowboy fugiu. Na segunda-feira, o atleta se apresentou à Polícia de Três Rios e negou as acusações. Alex Cowboy também foi acusado de no mesmo dia ter se envolvido em outra confusão. Dessa vez uma discussão com um segurança ao sair de uma festa na Ilha di Capri. O mesmo também prestou depoimento na Polícia.

Foto: Getty Images

Alex Cowboy, UFC


Kelvin Paulo

Estudante de jornalismo, 20 anos. Sinop MT. "Pois o impossível é apenas uma questão de opinião".

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2019 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs