EXCLUSIVO: Cris Cyborg sofrendo represália do UFC ?

0

De tempos, a relação entre a lutadora Cris Cyborg e a direção do UFC já não é das melhores. A atleta não goza de tanto prestigio quanto espera ter, dentro da maior organização de MMA do mundo. Em outras palavras, por sem uma das maiores nomes femininos no esporte, a brasileira não tem regalias, na verdade, tem tratamento inferior a de qualquer outro funcionário.

Cris Cyborg já chegou a acusar Dana White de difamação em algumas situações. Por exemplo, o mandachuva já deu declarações comentando sobre o físico da atleta e também sobre esta ter medo de enfrentar novamente a Amanda Nunes.

No entanto, segundo a própria lutadora, não é bem assim que as coisas estão acontecendo nos bastidores. Em suma, Cris Cyborg quer concluir o seu contrato e buscar novos ares. O que tem causado insatisfação da organização, que dificulta a vida da atleta dentro da empresa.

Em conversa exclusiva com a Cris Cyborg, a equipe da Tudo Sobre MMA foi avisada sobre um incidente ainda nunca visto. Segundo a lutadora, o UFC estaria se recusando a custear os gastos da atleta e equipe, o que já é de praxe da organização.

Lutas comuns, o UFC paga passagens aéreas, hospedagem e alimentação do atleta e um corner. Na luta principal, banca os custos de dois corner’s. Há casos, por exemplo, de “super atletas”, que a organização custeia até 4 membros de equipe.

Em conclusão a isso tudo, vemos que ainda tem muita coisa para acontecer nessa relação conturbada. Presa por contrato, a brasileira terá que se desdobrar para cumprir o restante das lutas para estar livre novamente.

Carreira de Cris Cyborg

Aos 33 anos de idade, Cris Cyborg lutou pela ultima vez no UFC 232, onde perdeu o cinturão para Amanda Nunes. Antes disso, vinha de 13 anos sem derrota. Lutando MMA desde o ano de 2005, a curitibana fez 23 lutas em sua carreira como atleta profissional. Cyborg venceu em 20 ocasiões, perdeu 2 e tem um ‘No Contest’.

Imagem: MMA Fighting

Deixe uma resposta