UFC 244 – Cinturão Casca-grossa

O UFC 244 deste final de semana vem com uma proposta bem interessante, são combates bons para o publico e ainda em disputa o “cinturão” do casga-grossa do UFC entre Nate Diaz e o Jorge Masvidal.

Provavelmente o maior pay-per-view do ano trás outras lutas bem interessantes que iremos analisar logo abaixo.

Cinturão Casca-grossa: Diaz vs Masvidal

Pela primeira vez no UFC haverá a disputa do lutador mais casca-grossa, cinturão esse que será entregue pelo ator americano Dwayne “the Rock” Johnson, conhecido pelo enorme carisma e por ser uma montanha de músculos.

Jorge Masvidal que sempre foi um lutador bastante inconstante, porém com seus 34 anos e uma carreira com 47 lutas oficiais (34-13) vive a sua melhor fase, não pela sua sequência de resultados (3-2 nas últimas 5 lutas) mas pelo impressionante nocaute em cima do então invicto Bem Askren. Vem ultimamente vivendo algo inédito em sua carreira, sempre participando de programas de televisão, rádio, podcast e outros.

Já o Nate Diaz já é um cara mais acostumado com os holofotes, também com 34 anos possui 31 lutas profissionais (20-11) e vem de uma sequência instável de lutas, com 3-2 em suas últimas 5 lutas.

As bolsas de apostas estão favoráveis ao Masvidal, porém como a luta se desenrolará em até 5 rounds, o também tri-atleta Nate Diaz possui um jogo que parece casar mais com a vitória do que o Masvidal. Masvidal é um Wrestler de primeira linha, porém não costuma a trabalhar muito o grappiling em suas lutas, se usando mais da trocação. Já o Diaz é um faixa preta de alto nível, mas também é um boxeador canhoto bem conhecido, sempre usando de uma mistura de Jab-direto com algumas provocações.

Como o Wrestling do Masvidal contra o Bjj do Diaz deve resultar numa luta que se desenrola em pé, eu apostaria no perfeito concurso de queixo duro e vejo que nesse quesito o Diaz leva vantagem. Por possuir um boxe mais técnico e uma resistência absurda para lutar 5 rounds, já o Masvidal é muito mais “brigador”, por isso acredito numa vitória do Nate Diaz.

Daren Till vs Kelvin Gastelum: A redenção

Ambos lutadores vindo de derrota buscam nesse UFC reencontrar o caminho da vitória. No caso do Daren Till houve também uma mudança de categoria, subindo para os médios.

Já o Gastelum fez uma disputa de cinturão interino com o Adesanya e perdeu por decisão mas deu um verdadeiro show dentro do octógono e vendeu caro a derrota, sendo um páreo muito mais duro do que foi o próprio campeão Robert Whittaker.

Uma vitória do Gastelum poderá significar um novo Title Shot para o americano, pois o Borrachinha que estava na fila para o cinturão anunciou uma lesão que provavelmente irá adiar a chance do brasileiro de disputar o cinturão dos médios.

Existe uma dúvida enorme se o Daren Till irá performar bem nos médios, como aconteceu em outros casos recentes de lutadores que subiram e foram massacrados na divisão de cima (Rockhold e Weidman), mas mesmo assim, acredito que o Gastelum possui um jogo muito mais afiado e irá conseguir cortar a distancia e acertar bons golpes no Daren Till, sendo assim aposto no Kelvin Gastelum.

A chance de entrar no top 5: Thompson vs Luque

Em sua maior luta da carreira, o brasileiro Vincente Luque encara o norte americano Stephen Thompson. Thompson vem de duas derrotas seguidas, porém uma derrota muito contestada por decisão contra o Till e uma derrota inesperada contra o Anthony Pettis, pois até o momento o Thompson dominava totalmente a luta e foi pego de surpresa por um Superman punch que o levou a nocaute pela primeira vez na carreira.

Já o Luque nunca enfrentou um striker de tão alto nível, e considerando suas últimas apresentações, contra o Perry, Krantz e Barbarena, embora seja um bom striker, está longe do nível do Thompsom. O que torna sua missão muito complicada. Nesses últimos combates o Luque deixou muitas brechas e tomou golpes fortes, muitos momentos parecia que ele queria disputar concurso de macheza e esqueceu completamente da técnica, isso contra um strike de alto nível que sabe bater andando para trás e faz o jogo de encurta muito bem pode resultar num nocaute avassalador.

Uma vitória do Brasileiro certamente o colocaria no top 5, porém devido a Por estes motivos acredito que o Thompson vai quebrar a sequência negativa e irá sair vencedor do confronto com o Vincente Luque.

O Show man: Anderson vs Walker

O Brasileiro Jhonnie Walker irá encarar o Corey Anderson e com certeza tem sua grande chance de entrar no top 5 dos pesos meio pesados do UFC.

Minha opinião sobre o Jhonnie Walker é que ele ainda é uma incógnita, ou seja, não consigo nem dizer o qual bom striker ele é, embora tenha trucidado seus oponentes, mas foram lutas tão rápidas e golpes tão impactantes que não dá para saber como ele se sairia contra um cara mais técnico. Fato é que ele possui uma mão pesada e pode acabar realmente com qualquer um num único golpe. E o Corey Anderson não tem exatamente um queixo muito resistente, tendo sido nocauteado por caras como o Shogun (em péssima fase), Manuwa e St Preux.

Então acredito que o brasileiro Jhonnie Walker deve vencer essa luta e entrar na fila de espera do Jon Jones, quem sabe fazendo mais uma luta com algum top 5. Fato é que o UFC tem todo interesse de jogar o Walker mais aos holofotes, devido ao seu imenso carisma e pelas suas vitorias plásticas e ótimas para os highlights de qualquer evento.


Tarcio Martins

31 anos, Engenheiro, faixa preta de Taekwondo e praticante de MMA

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2019 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs