Paulo Bananada oficializa seu retorno e desabafa sobre aposentadoria: “meu filho estava aprontando muito”

A luta será a principal do evento e acontecerá na Sérvia 


Foto: divulgação
Dia 5 de novembro, o paraibano Paulo ”Bananada” da Silva embarca para a Europa para fazer o seu retorno aos cages. Bananada irá enfrentar Zoran Bubalo que é natural da Sérvia. O brasileiro deu entrevista com exclusividade ao portal Tudo Sobre MMA, falou um pouco sobre seu próximo desafio e o motivo de ter parado de lutar.
A última luta de brasileiro foi em abril de 2015, vindo de um revés, Paulo Bananada enxerga nessa luta, uma oportunidade de projetar seu nome novamente no MMA e despertar o interesse de eventos com notoriedade mundial. Bananada ainda teve o privilégio que poucos tiveram, foi parceiro de treino de Anderson Silva, onde ajudou Spider em seu camp em grandes combates como contra o Belfort e Chael Sonnen.
Ao falar sobre seu adversário, Bananada ressaltou a juventude do atleta da casa e algumas características do jogo de Zoran Bubalo, que o brasileiro já identificou para treinar e enfrenta-lo com seu jogo mapeado.
– Sei que é um garotão bem mais jovem que eu e é atleta da casa. Campeão de um estilo de jiu Jitsu que ainda conserva chutes, socos etc. Espero que ele venha com a empolgação da juventude pra que eu possa ver até onde vai o Gás do veterano aqui – Disse Bananada.

Como já está parado há um ano e meio, Paulo foi questionado sobre o seu ritmo de luta, o atleta foi sucinto ao explicar essa situação, declarou que a longa pausa em sua carreira pode ser decisiva no combate, mas ressaltou a qualidade de seus treinos e treinadores.

– Com certeza pode fazer diferença, mas apesar de não ter vindo treinando como deveria estar, sempre me mantive na ativa, fazendo manutenção. Estava em São Paulo treinando com Flávio Alvaro lenda do MMA e com o mestre Ale Notari e aqui o Ivan dono da UFD gym não estão me dando trégua, estamos treinando de segunda a segunda sem off Day, sem finais de semana. Além deles,  tem também duas pessoas especiais, a minha esposa que a conheci em são paulo e que tambem me auxilia na parte da medicina esportiva e o suporte do Dr Takashi e sua equipe ( Takasho ondontologia) – Declarou o lutador.

Paulo Bananada ainda falou sobre a sua aposentadoria. Mesmo sendo um assunto pessoal, o lutador não exitou em contar ao nosso site sobre a dura realidade que assolou a sua vida. O atleta contou que estava tudo correndo bem, até a mãe de seu filho começar a criar problemas e seu filho se envolver com coisas erradas.

– Eu estava em um momento complicado em minha vida pessoal, namorava uma americana com quem já tinha vivido há dois anos na mesma casa, fora o tempo de namoro. Já estava certo para casar e me mudar de vez pra lá. Mas o amor maior da minha vida sempre foi meu filho. Quando ele nasceu eu tinha 15 anos, mas graças a Deus tive cabeça pra assumir meu filho. Foi um amor que eu nunca senti antes. Era eu que fazia a mamadeira dele, quem o levava ao hospital, dava banho todos os cuidados que se tem com um recém nascido era eu que o fazia e claro que mãe também fazia sua parte.

Mas quando a mãe dele soube que eu estava com uma pessoa e era sério, começou a criar problemas e sabendo do sentimento que eu tinha pelo meu filho, ela soube como me manipular. Na época eu havia dado a palavra ao CEF (Coliseu Extreme Fight) que ia lutar e sabendo que meu filho estava aprontando muito – coisas de adolescentes –  e também sabendo que a mãe não conseguia o manter em casa, aproveitei para voltar ao Brasil. Dar uma atenção para ele e cumprir com a palavra que tinha dado ao Coliseu. Bom, no meio disso tudo acabei com a ex e, com notícia de que meu filho, o amor da minha vida, estava envolvido em uso de drogas, com péssimas companhias, resolvi parar pra dar atenção a ele.                      

Mas por fim, percebi que ninguém se importa o quanto você se importa, mas todos tem interesses pessoais, que algumas pessoas achavam que eu estava ganhando milhões. (retornei por que) não conseguia ficar sem fazer o que amo, então tô na área, ou melhor, na arena. – Desabafou Paulo Bananada.

Paulo está com 32 anos de idade, em seu cartel como lutador profissional possui 30 combates, sendo 20 vitórias e 10 derrotas. Bananada já conseguiu emplacar 12 vitórias consecutivas e dia 5 de novembro, sonha em reencontrar o caminho das vitórias novamente.



Etiquetas: , ,

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte

que mais cresce no mundo, em

um só lugar. 

Contate-nos:  contato@tudosobremma.com

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs