EXCLUSIVA: Rafaela Silva fala sobre migração para MMA e Ronda Rousey: “Não teria coragem de bater nela”

Rafaela Silva ainda falou sobre planos para a carreira.


Foto: Reprodução/ Jornal do Sudoeste
Rafaela Silva, carioca de 24 anos, atleta olímpica de judô,representou o brasil na Olimpíada do Rio 2016 na categoria -57kg. Vindo de uma frustração em Londres quatro anos atrás, a judoca conheceu o fundo do poço, quando foi derrotada e viu a sua própria nação virar as costas para ela.
Vitima de muitos xingamentos e injuria racial, Rafaela esteve em depressão, mas o esporte a ajudou a se reerguer e voltar com tudo para mais um olimpíada, dessa vez Rafaela lutava em casa, mostrou que é uma verdadeira guerreira e venceu todas que entraram na sua frente. Por fim, ocupou a parte mais alta do pódio, dando um verdadeiro ”tapa na cara” de todos os que duvidaram dela.
Ao falar sobre seus planos para Tóquio 2020, a judoca revelou que não tem certeza sobre a sua presença no evento, mas deixou bem claro que deseja estar lá e lutar mais uma vez representando o Brasil.
– Olha, eu ainda estou vendo se vou para as Olimpíadas de Tóquio, mas eu quero muito ir lutar lá – disse a atleta em entrevista exclusiva ao Tudo Sobre MMA.
Na entrevista, Rafaela declarou que aceita lutar MMA e, se chegar alguma proposta ela vai aceitar a batalha. A judoca ainda revelou que a inspiração para uma possível migração para o MMA partiu da declaração da Mayra Aguiar, que ao lado de Ronda Rousey, disse que um dia poderia lutar por um evento de artes mistas. Além disso, a medalhista declarou que não bateria em Ronda e revelou um sentimento fraterno pela americana.
– Claro, por que não (aceitaria lutar MMA) ? se pintasse uma oportunidade e me chamarem para lutar MMA eu pegaria ”numa boa”.
Sobre um combate contra Ronda Rousey:
– Não teria coragem de bater nela. Ela é como uma irmã para mim, amo ela e a respeito muito. Sou muito fã dela.

Mesmo admitindo a possibilidade de lutar MMA, Rafaela ainda só está treinando Judô. Mas revelou que era só por enquanto. Ela quer lutar MMA e começar a treinar Jiu-Jitsu.

Ao ser questionada porque existem poucos que investem na carreira dos atletas desde início, a judoca não teve nada a declarar. Não soube responder.
O Radialista e Announcer, Bamberg, enviou uma pergunta para a judoca, onde indagava sobre como  Rafaela se sentia, por ser o maior simbolo da nossa população atualmente, que é negativamente marcada pela falta de perspectivas.
– Sim, verdade (referiu-se atleta, sobre a falta de perspectivas para os atletas). Tenho muito orgulho de ter representado meu pais e ter ganho essa medalha de ouro.
Rafaela Silva encerrou a entrevista respondendo a pergunta de um fã, que foi enviada via Instagram, a qual dizia: ” Como  você está se sentido até agora, desde que ganhou a medelha ? “
– Estou muito feliz e honrada de ter ganhado essa medalha. Desde que me chamaram de ” macaca na jaula”, que eu era uma vergonha para minha família… Eu venci todas as minhas barreiras – Finalizou a medalhista de ouro do Rio 2016, Rafaela Silva.

 



 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs