As promessas que não saíram do papel

 O MMA nacional está carregado de muitos lutadores talentosos e guerreiros, entretanto, a nova geração brasileira no UFC não vem lembrando nem de longe os velhos tempos, como o da safra passada, Lyoto Machida, Wand, Belfort, Anderson Silva, Shogun, irmãos Nogueira etc.
  O que vem se vendo, é uma geração de lutadores com muito marketing na mídia, e pouco no octogono, sendo assim, uma geração bem abaixo das passadas. o TUF I (principalmente), tipo por muitos o melhor até então, veio carregado de novas caras para a organização. Mas e ai, quem escapou ?

  Rony Jason e Pepey, os finalistas da 1º edição, são os 2 que ainda vem se destacando. Porém, infelizmente, Gasparzinho, Massaranduba, Daniel Sarafian, Rodrigo Dam, Cesar Mutante, Serginho Morais, Wolverine, Thiago Bodão entre outros, e tbm do TUF II, Santiago Ponzinibbio, Leonardo Santos, Viscardi Andrade etc, não vem mostrando o que foi esperados deles.
  O Brasil apresenta deficiência de sucessores. O que está acontecendo ? paramos no tempo ou o mundo do MMA evoluiu demais ? nos resta torcer para essa maré de azar vá embora e que esses talentosos atletas mostrem tudo que sabem dentro do octogono.

Notícias

Deixe uma resposta

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs