Dominick Cruz não conseguiu manter o seu título.

Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC

O campeão dos pesos galos do Ultimate foi desafiado e botou o seu cinturão em jogo contra Cody Garbrandt na histórica edição 207 da maior organização de MMA do mundo, realizado na cidade de Las Vegas, USA.

O início do combate já foi frenético, ambos lutadores buscando espaço, conectando golpes e fazendo firulas, que levantou o público na arena. Os golpes velozes e quase sempre preciso fizeram o round ser emocionante do início ao fim. no último minuto, uma queda aplicada para cada lado, para deixar o round ainda mais parelho.
O s lutadores voltaram para o segundo assalto com a mesma proposta do anterior, a trocação precisa, fez os lutadores sentirem -cada um- o soco do seu oponente, mas logo ambos absolveram o golpe. O round seguiu, mais uma vez, parelho até o final.
Cody Garbrandt veio para o terceiro round para resolver tudo, e com seu potente soco, conseguiu deixar o até então campeão um pouco desnorteado, balançando no combate e acusando mais a cada golpe, não os absolvendo com maestria como de costume. Com a confiança em alta, o desafiante passou a brincar mais no combate que venceu claramente.
Após sobreviver ao terceiro round, Cruz voltou a provocar o desafiante  na tentativa de desestabilizar psicologicamente seu oponente, mas não funcionou, depois de uma trocação franca, o campeão levou a pior chegando a sofrer o knockdown, mas não se entregou, voltou para a luta no mesmo instante, e no restante do combate Cody foi melhor, aplicando outros knockdowns, mas não se afobava em querer acabar com a luta, só curtia o momento.
Com uma boa vantagem por ponto, o quinto round de Dominick Cruz foi uma verdadeira caçada ao Cody Garbrandt, que conseguia se desvencilhar dos golpes de Cruz e respondia com provocações, no final do combate, amarrou a luta na grade e provocou seu oponente.
Com a soma das papeletas dos árbitros em mãos, Bruce veio ao centro do octógono para anunciar a vitória por decisão unânime a favor de Cody Garbrandt, o novo campeão peso galo, que deve enfrentar TJ Dillashaw em sua primeira defesa de cinturão.
Aos 25 anos de idade, Cody Garbrandt não sabe o que é perder. Em seus 11 combates como lutador de MMA profissional, venceu todas as suas lutas.


 

Loading Facebook Comments ...