Chael Sonnen e Ronda Rousey juntos na promoção do UFC 175. (foto: Josh Hedges)

O americano Chael Sonnen é uma das figuras polêmicas da geração mais veterana do MMA, algo como se fosse o Conor McGregor mais experiente. Sem medo de falar o que pensa, Sonnen sempre promoveu muito bem todas as suas lutas quando era lutador do UFC, e  agora promove suas lutas pelo Bellator, evento rival do Ultimate.

A musa Ronda Rousey chegou a onze vitórias consecutivas em sua carreita, estando invicta até o ano de 2015, quando encontrou a campeã de boxe Holly Holm e foi nocauteada no início do segundo round. Após passar mais de um ano afastada dos holofotes, Ronda fez o seu retorno no último evento de 2016, em Las Vegas, contra a brasileira Amanda Nunes, atual campeã da categoria, porém a loira somou mais um revés na sua carreira.

Como sempre, sem medir muito suas palavras, Chael Sonnen em entrevista ao portal americano TMZ, garantiu que as atuações de Ronda Rousey não era fruto do talento da musa, mas sim da fama que a lutadora construiu como atleta profissional de MMA. Além disso, Sonnen ainda declarou duvidar que a ex-campeã continue no ramo.

– Duvido que ela continue nisso (fazendo filmes). Quero o melhor para a Ronda, mas, se estamos falando a verdade, toda a história dela com o MMA e o cinema está ligada. Essa garota não pode atuar. Nem deveria ser capaz disso, afinal, ela não é uma atriz formada. Ela teve essas oportunidades de fazer filmes porque era muito famosa. É um castelo de cartas: se um cai, todos caem – disse o meio-pesado do Bellator ao programa “TMZ”.

VEJA TAMBÉM:

[VÍDEO] Ronda Rousey vira piada na web com treino de trocação
Confira o vídeo:



Loading Facebook Comments ...