Trabalhando por cima, o brasileiro conectou bons golpes em seu adversário. (foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC)

Hoje (11 de fevereiro), aconteceu mais um evento do UFC. A maior organização de MMA do mundo foi até o Brooklyn (EUA) para realizar a edição de número 208 da organização, que estava repleta de brasileiros.

Dentre os atletas nacionais, estava Glover Teixeira que saiu de casa em seu carro para o Brooklyn (onde mora próximo) para enfrentar Jared Cannonier, na tentativa de ficar novamente entre os ‘cabeças’ da categoria.

Com o início de combate bem estudado, os lutadores iam se experimentando aos poucos, ambos mostrando muito respeito ao golpe de encontro do adversário. Após o primeiro minuto, o brasileiro conseguiu aplicar a queda e ficou trabalhando por cima, mantendo as costas de Jared Cannonier no chão, numa tentativa de sair da posição, Glover quase finalizou com uma guilhotina, que foi defendida e, o combate voltou a ser com o brasileiro por cima e assim seguiu até os últimos segundos,a luta voltou em pé para uma curta trocação, tendo o brasileiro visivelmente vencido o primeiro assalto.

A luta voltou para o segundo round e o combate seguiu com a mesma proposta. Com pouco tempo de luta, Glover aplicou a queda e ficou jogando por cima. O combate seguiu monótono e o juiz interrompeu o a luta e deixou a luta de pé novamente, já na trocação a batalha ficou mais parelha, com o brasileiro vencendo o round novamente.

Já no último round, o Glover não mudou o jogo, botou a luta para baixo novamente deixando Jared Cannonier de costa no chão, onde o americano não mostrava nenhuma efetividade, na segunda metade do assalto, o brasileiro tentou deixar uma melhor impressão da luta e ganhou a montada, mas não conseguiu antecipar o fim da luta, venceu mais um round e levou a luta na decisão unânime dos juízes.

 

Aos 37 anos de idade, Glover Teixeira tem 31 lutas como lutador profissional de MMA, sendo 26 vitórias.

 

 

Estudante de Direito. 20 anos. Mossoró-RN. Apaixonado pelo MMA e dedicado ao jornalismo esportivo desde 2012. "Um espírito nobre, engrandece o menor dos homens" (Jebediah Obadiah Springfield)
Loading Facebook Comments ...