Evento foi o primeiro no novo espaço oficial da organização paranaense (Foto: Marcio Valle).

Apesar de carregar 25 edições em anos anteriores, a marca de número 26 do Gladiator Combat Fight tinha uma missão diferente, além da fórmula que vem consagrando o evento curitibano como revelador de talentos e combates com rivalidades.

A tarde do dia 11 de fevereiro marcava também a inauguração da nova casa do evento, a Arena Piacom, que leva o nome da empresa presidida por Josafá Liberal.

Com amplo estacionamento e espaço interno capaz de acomodar centenas de pessoas, a nova arena fica localizada na Estrada da Ribeira, pouco antes da divisa entre Curitiba a cidade vizinha Colombo.

Na luta principal, Paulo Henrique “Manja” tratou de finalizar seu oponente, Elton Ferreira logo no primeiro round, para delírio da torcida da Combate Absoluto, que estava em peso no evento.

Outra torcida que estava em peso era o pessoal da Gile Ribeiro para torcer por Thiago Frasson. Porém seu adversário, Mário Sousa, da Cães do Ringue não tomou conhecimento e nocauteou, também no primeiro round.

Nocaute Brutal:

No card amador, Ricardo Guimarães, o “Capitão América” da Chute Boxe, aplicou um nocaute fulminante em Elton Ferreira, aos 24 segundos do primeiro round.

Premiados no Melhores do Ano iniciam temporada 2017

O announcer Luiz Morais, premiado pela Primeiro Round como Announcer do Ano em 2016 e a Ringue Girl Gleice Almeida, premiada com o título de Ringue Girl do Ano, iniciaram os trabalho em 2017, já que fazem parte do quadro oficial do Gladiator Combat Fight.

Veja os resultados completos:

Gladiator Combat Fight 26
Sábado, 11 de fevereiro de 2017
Arena Piacom – Curitiba / PR

MMA PROFISSIONAL:

Mário Sousa (Cães do Ringue) nocauteou Thiago Frasson (Gile Ribeiro) no R1.
Paulo Henrique “Manja” (Combate Absoluto) finalizou Elton Ferreira (Gentilini) no R1.

MMA AMADOR:

Tamiray Lacerda (Gile Ribeiro) venceu Jeff Smile (Gentilini) por TKO no R2.
Rangel do Carmo (Gile Ribeiro) finalizou Wesley Martins (Gentilini) no R1.
Bryan Willians (Gile Ribeiro) venceu Felipe Orfeu (Mangueboy)  na decisão unânime dos juízes.
Jonathan Santos (Striker´s House) venceu Felipe Freitas (Gile Ribeiro) na decisão majoritária dos juízes.
Talita Santos (Combate Absoluto) finalizou Luana Segalla (Gile Ribeiro) no R1.
Ricardo “Capitão América” Guimarães (Chute Boxe) nocauteou Erick Alves (Gentilini) aos 24 segundos do R1.

MUAY THAI AMADOR:

Rhenan Gasluki (Noguchi) venceu Adilson Ducha (King Shark) na decisão unânime dos juízes.
Everton Quibim (COVS Team) venceu Everson “Tigrão” (Combate Absoluto) na decisão dividida dos juízes.
Lucas Martins “Cabecinha” (Combate Absoluto) venceu Luiz Gustavo (Marcelo Luz Arena) por WO.
Willian Peterson (Curitiba Top Team) venceu Thiago Venâncio (COVS Team) na decisão unânime dos juízes.
Tarso “Hellboy” (Combate Absoluto) venceu Bruno Cristiano (Hemmers Gym) na decisão unânime dos juízes.
Ivan Daniel (Hemmers Gym) venceu Lucas Henrique (Curitiba Top Team) na decisão unânime dos juízes.
Leonardo Coelho (Hemmers Gym) venceu Lucas Daniel (Gentilini) por WO.
Felipe Santiago (Hemmers Gym) venceu Wesley “Meleca” (Chute Boxe) na decisão majoritária dos juízes.
Mariana Campos (COVS Team) venceu Edna Machado “Vida Loka” (Chute Boxe) na decisão unânime dos juízes

Loading Facebook Comments ...