Imagem: MMA Fighting

Logo após a confirmação do duelo entre Demian Maia e Jorge Masvidal para o UFC 211, o campeão meio médio, Tyron Woodley afirmou em entrevista para o site “Combate” que o brasileiro não deveria ter aceitado o combate.

“Ele não deveria ter tido que aceitar a luta (contra o Masvidal). Demian deveria estar me enfrentando nesse fim de semana. Eu não decido isso, mas ele deveria ter sido o próximo da fila…o esporte é assim. Não achei que era necessário ter uma revanche imediata contra o Wonderboy. Eu poderia ter enfrentado o Demian Maia, o Wonderboy poderia ter enfrentado o Jorge Masvidal e o vencedor poderia me enfrentar na sequência. Não decido as lutas, apenas assino os contratos e derroto meus adversários.”

O americano também revelou que já tem em mente como vencer Demian Maia, e é só questão de assinarem o contrato.

“Definitivamente, o enfrentaria. O Demian veio até a mim depois da primeira luta contra o Thompson e disse que queria me enfrentar, que era desrespeitoso o que estava acontecendo, porque queria enfrentar os melhores. Ele disse que achou que eu venci, que não tinha sido empate, mas sabe? Eu não teria problema em enfrentar o Demian Maia. Eu não teria problemas em enfrentar ninguém. A maioria dos caras na minha divisão têm o meu respeito, eu os acompanho há muito tempo e o Demian é um deles. Eu já imaginei a minha luta contra ele, já vi mentalmente como eu poderia vencê-lo. Então, é questão de apenas assinarmos o contrato.”

Lembrando que Tyron Woodley defende o cinturão contra Stephen Thompson no UFC 209 no próximo sábado. Este será o segundo duelo entre eles, o primeiro foi no UFC 205, onde depois de 5 round, teve como resultado um empate.

Loading Facebook Comments ...