Brasileiro anunciou aposentadoria após ser reprovado no exame antidoping (Foto: Adriano Albuquerque/Combate.com).

O rol extenso de lutadores em seu quadro de funcionários, faz com que, quase constantemente, a maior organização de MMA do mundo demita e/ou dispense vários atletas de seu plantel de lutadores.

Na longa lista da vez, constam 18 (dezoito) nomes de lutadores que tiveram seus contratos expirados e o Ultimate não efetuou contato para que houvesse a renovação do vínculo entre a organização e o atleta, cominando assim, na liberação de todos esses para fecharem novos contratos com outras organizações de MMA.

Entre os dispensados, há dois brasileiros, deles o mais conhecido é Ricardo ‘Demente’, que participou do The Ultimate Fight Brasil III. ‘Demente’ já estava afastado das lutas por estar cumprindo suspensão após cair no doping. Já Felipe Olivieri, teve pouca oportunidade dentro da organização, com apenas uma luta já foi dispensado, sua estreia com derrota (finalizado) no início de 2016 foi contra Tony Martin no UFC on Fox 18 – Johnson vs. Bader.

Além dos já citados brasileiros, a lista ainda conta com alguns lutadores conhecidos, certo que eles não chegaram nem perto do status de estrelas mas, quem acompanha o UFC conhecia os lutadores Brandon Thatch (que foi finalizado nas suas ultimas quatro lutas) e o ucraniano Nikita Krylov (chegou a emplacar cinco vitórias seguidas, perdendo apenas a sua ultima luta).

Confira a lista completa divulgada por “UFC Fighters Info”.:

Felipe Olivieri
Ricardo Demente
Brandon Thatch
Nikita Krylov
Li Jingliang
Yusuke Kasuya
Chris Avila
Jason Novelli
J.C. Cottrell
Nicolas Dalby
Dong-Yi Yang
Erick Montano
Viktor Pesta
Valerie Letourneau
Kelly Faszholz
Jocelyn Jones-Lybarger
Phillipe Nover
Nicolas Dalby

Estudante de Direito. 20 anos. Mossoró-RN. Apaixonado pelo MMA e dedicado ao jornalismo esportivo desde 2012. "Um espírito nobre, engrandece o menor dos homens" (Jebediah Obadiah Springfield)
Loading Facebook Comments ...