Encara entre Rafael Carvalho e Melvin Manhoef (Foto: Reprodução/MMA Junkie)

Um revanche que precisava acontecer. O primeiro confronto entre Rafael Carvalho e Melvin Manhoef em maio de 2016 no Bellator 155 não teve um resultado adequado e convincente, portanto, era necessário que um novo duelo fosse marcado. A revanche então foi marcada para o Bellator 168 em dezembro, mas o campeão acabou se lesionando e agora o embate acontecerá neste sábado (08) pelo Bellator 176, que será sediado no Papa Alpitour, em Torino na Itália.

O brasileiro de 30 anos Rafael Carvalho (13-1) chegou ao Bellator com status de bom lutador e de que iria dar trabalho aos favoritos. Dono de um excelente Muay Thai e favorecido pelo ótimo físico, Carvalho estreou na organização com uma vitória por nocaute técnico no primeiro round sobre Brian Rogers, um dos mais explosivos e agressivos lutadores, e em seguida conseguiu um triunfo sobre Joe Schilling por decisão dividida, um dos melhores Kickboxers do Bellator. As duas vitórias lhe credenciaram para disputar o cinturão e Rafael enfrentou o então campeão Brandon Halsey no Bellator 144. O americano que havia pulverizado o russo Alexander Shlemenko com uma finalização em poucos segundos, dominou o primeiro round contra o brasileiro utilizando seu eficiente wrestling e quase conseguindo um Katagatame no final do round. Rafael se manteve tranquilo e no segundo round conseguiu conectar um chute forte e preciso na linha de cintura que derrubou o campeão e abriu para que ele liquidasse o combate e faturasse o título dos médios.

Rafael Carvalho desfere chute frontal em Melvin Manhoef (Foto: Reprodução)

Dez anos mais velho, o holandês Melvin Manhoef (30-13-1), possui vasta experiência no Kickboxing tendo competido pelos maiores eventos como K-1 e Glory FC e somado um cartel atual com 49 lutas, 37 vitórias sendo 27 por nocaute e 12 derrotas. No MMA já atuou pelo evento russo M-1 Global, pelo Dream, StrikeForce, One Championship, KSW e agora luta no Bellator. Estreou na promoção presidida por Scott Coker em 2014 com uma vitória por nocaute sobre Doug Marshall, porém, acabou sofrendo duas derrotas na sequencia para Joe Schilling e Alexander Shlemenko, mas este último acabou sendo revertido para No Contest após o russo ser pego no doping. Querendo afastar a má fase, emplacou um nocaute brutal sobre Hisaki Kato no primeiro round e garantiu sua chance pelo cinturão contra Rafael Carvalho.

O duelo não foi como os fãs esperavam. Sendo ambos oriundos do Kickboxing, todos aguardavam um combate eletrizante com muita emoção, mas o que se viu foi uma luta morna, onde os atletas estavam bastante receosos e temendo o contragolpe. Foram poucos os momentos de emoção, o brasileiro apostava nos chutes altos e laterais para manter a distância e até conseguiu algumas quedas, mas sem efetividade. O holandês por sua vez não mostrou sua agressividade e poder de nocaute, conectou alguns golpes fortes e teve lampejos de

bons momentos, todavia o que se viu foi algo bem abaixo do normal. Ao final da luta um resultado bem controverso, dois juízes deram a vitória ao brasileiro por 48-47 e um deu a mesma pontuação favorável ao holandês, eu particularmente pontuei 49-46 para o desafiante e fiquei desapontado com a decisão, mas de qualquer forma Rafael Carvalho venceu e manteve o cinturão dos médios (até 84kg).

Rafael Carvalho permanece com cinturão dos médios (Foto: Reprodução)

Passado quase ano do primeiro encontro, o que se esperava agora é objetividade por parte dos lutadores, que eles possam realmente executar suas habilidades e demonstrarem desejo em possui este cinturão e não deixar dúvidas sobre quem é o real detentor do título até 84kg do Bellator. Mais agressividade, determinação e vigor, ambos precisarão evidenciar isto para triunfar com clareza. O brasileiro precisa utilizar sua envergadura, trabalhar mais sua rapidez e competência ao conectar os golpes, caso a luta fica complicada em pé, pois o holandês é perigoso, a estratégia é levar para o chão e manter no solo com boas transições. Manhoef basta ser mais aguerrido, ostensivo, partir pra cima como fez contra Hisaki Kato, encurtar a distância e aplicar sua poderosa trocação para obter este título.

E para você ? Quem vence no sábado? Faça sua aposta e vamos torcer para que nosso brazuca possa triunfar sem polêmica ou objeções. Até a próxima!

O Bellator 176: Carvalho vs. Manhoef será transmitido Ao Vivo pelo canal Fox Sports a partir das 22 horas deste sábado.

Confira o card principal do evento:

  • Rafael Carvalho (c) vs. Melvin Manhoef – pelo título dos médios
  • Elina Kallionidou vs. Anastasia Yankova
  • Djamil Chan vs. Valeriu Mircea
  • Samba Coulibaly vs. Mihail Nica
Loading Facebook Comments ...