Como de costume, alguns dias após a realização do evento, é divulgada a lista dos salários dos atletas que atuaram na edição anterior do Ultimate. Não foi diferente com a edição 212 do UFC, realizado em solo brasileiro, mais precisamente na cidade do Rio de Janeiro.

Os lutadores responsáveis pelo combate principal, tiveram salários indubitavelmente altos, porém a maior bolsa da noite ficou a cargo do veterano Vítor Belfort.

Mesmo sendo derrotado, José Aldo teve a segunda maior bolsa, superando o seu algoz, o ex-campeão dos penas embolsou U$ 490.000 (cerca de R$ 1.617.000 – um milhão, seiscentos e dezessete mil reais – ), já o atual campeão linear da divisão dos penas Max Holloway faturou U$ 410.000 ( cerca de R$ 1.353.000 – um milhão, trezentos e cinquenta e três mil reais – ). Como já mencionado, quem arrastou a maior bolsa da noite foi Vítor Belfort, o ‘fenômeno’ recebeu U$ 515.000 ( cerca de R$ 1.700.000 – um milhão e setecentos mil reais – ).

Os valores listados logo abaixo, é o resultado da somatória do da bolsa paga pelo UFC, eventual bônus por vitória, eventual bônus por performance ou por luta da noite e patrocinio da Reebok.

Confira a lista:

Jose Aldo: $490,000
Max Holloway: $410,000
Claudia Gadelha: $106,500
Karolina Kowalkiewicz: $23,500
Vitor Belfort: $515,000
Nate Marquardt: $78,000
Paulo Borrachinha: $26,500
Oluwale Bamgbose: $14,500
Yancy Medeiros: $59,000
Erick Silva: $46,000
Raphael Assuncao: $113,000
Marlon Moraes: $52,500
Antonio Carlos Junior: $55,000
Eric Spicely: $16,500
Matthew Lopez: $26,500
Johnny Eduardo: $21,000
Brian Kelleher: $72,500
Iuri Alcantara: $41,000
Viviane Pereira: $26,500
Jamie Moyle: $14,500
Luan Chagas: $22,500
Jim Wallhead: $12,500
Deiveson Figueiredo: $22,500
Marco Beltran: $16,500

Loading Facebook Comments ...