Leon Edwards deixa luta contra Tyron Woodley; UFC corre contra o tempo para montar card

0

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o UFC foi forçado a mudar o local da próxima edição, que acontece no próximo sábado. Marcado para acontecer em Londres, o Ultimate corre contra o tempo para achar uma arena nos Estados Unidos para realização do evento. As restrições impostas pelo governo americano, da proibição de viagens para os Estados Unidos gerou uma onda de lutadores fora do evento, incluindo o jamaicano radicado na Inglaterra, Leon Edwards que faria a luta principal diante do americano Tyron Woodley.

Segundo o site americano MMA Junkie, das 13 lutas, apenas duas não foram alteradas até o momento: Darren Stewart x Marvin Vettori e Paul Craig x Ryan Spann. O brasileiro Geraldo de Freitas também foi afetado com a mudança, já que não possui o visto americano. Ele enfrentaria o galês Jack Shore.

Ainda segundo o jornalista Ariel Helwani, a organização presidida por Dana White procura através de empresários lutadores que possuam visto para entrar nos EUA ou atletas com cidadania americana, seja lutadores da companhia ou sem contrato com o Ultimate.

A ESPN apurou ainda que o estado do Alabama ou Califórnia possam sediar o evento do próximo sábado, já que as comissões que trabalham no local são independentes, tendo em vista que a Comissão Atlética de Nevada baniu qualquer evento de esportes de combate em Las Vegas atéo dia 25 de março.

Deixe uma resposta