Vídeo: Revoltado com árbitro, Cutelaba dispara: “não sabe o que deveria fazer”

0

E uma decisão do árbitro Kevin Macdonald no UFC Norfolk, no último sábado gerou grande repercussão após a luta entre Ion Cutelaba e Magomed Ankalaev. O moldávio saiu inconformado do octógono após o árbitro interromper a luta, segundo ele de forma equivocada, após o mesmo revelar que estava fazendo sua estratégia ficando de forma “cambaleante” após golpes desferidos pelo daguestanês.

“Quando dois lutadores deste nível vêm até aqui para mostrar ao mundo uma boa luta, não importa se ela dura um round, três rounds ou 40s. Deixem os dois lutarem! Aquele árbitro não sabe o que deveria fazer ali. Eles têm que ter outro árbitro que saiba controlar uma luta como essa. Eu vim da Moldávia, 14h ou 15h de vôo, para mostrar ao mundo que sou o melhor, e o árbitro não me deixou lutar. Eu defendi cada golpe do meu oponente. Quando o árbitro parou a luta, eu estava contra-atacando. Era parte do meu plano de luta, e o árbitro achou que eu estava entregue. Quando ele parou a luta, eu estava lutando”, desabafou Cutelaba. (Tradução retirada do site Combate.com).

Leia também: Deiveson Figueiredo vence Benavidez por nocaute no UFC Norfolk

Questionado sobre a interrupção, Magomed Ankalaev preferiu não culpar o árbitro, mas revelou que aceita uma revanche.

“Tudo que posso dizer é que eu o machuquei. Acertei o chute alto, ele estava cambaleante e o árbitro parou a luta. É tudo o que eu sei. Falei com Ion e ele estava reclamando pela decisão, e eu só disse que o árbitro fez o seu trabalho. Ele me respondeu que tudo estava acontecendo dentro do seu plano de luta. Não sei o que ele quis dizer com isso. Não preciso de uma revanche, mas se o UFC marcar uma nova luta entre nós dois, vou aceitar. Eu não recuso lutas. Agora vou voar de volta para casa e ficar com a minha família, porque o camp de treinamentos foi muito longo”, disse o russo.

Veja o momento da interrupção do juíz:

Curta o ‘Tudo Sobre MMA’ no Facebook! 

Deixe uma resposta