UFC Brasília: Nikita Krylov vence Johnny Walker

0

A segunda luta do card principal do UFC Brasília foi o duelo entre Nikita Krylov e o brasileiro Johnny Walker. Dois grandes atletas que chegaram a capinal do Brasil vindo de derrota e querendo reverter esse cenário a qualquer custo.

Ouça nosso podcast: Spotify | Deezer | Itunes
Leia também:

– 8 lutadores são demitidos do UFC

– Confira todos os salários do UFC 247

A luta começou a todo vapor e amarrada na grade, com ambos fazendo muita força para ficar na melhor posição. Jhonny Walker soltou boas cotoveladas na cabeça do Nikita Krylov, mas foi levado ao solo e ficou trabalhando por cima com o brasileiro fazendo muita força para sair da posição. A luta chegou a ficar de pé, a trocação franca deu as caras mas o brasileiro ainda assim levou a pior, já apresentando cansaço, o round chegou ao fim e o Krylov venceu.

O segundo round voltou na mesma proposta, a luta se travou na grade, o Johnny Walker foi derrubado e amassado por cima, minando ainda mais o gás do brasileiro. No minuto final, o Johnny Walker apareceu na luta, raspou e martelou o Nikita Krylov, mas isso não foi o suficiente para reverter e Nikita foi muito mais efetivo na sua proposta de jogo e levou mais um round.

Para o terceiro e último round o brasileiro voltou melhor e na luta de solo ficou por cima. Essa vantagem foi revertida no segundo minuto de luta e o Nikita Krylov voltou a amarrar a luta por cima. Até o final se repetiu mais do mesmo e a luta foi para decisão.

Na soma das papeletas do árbitros laterais, o Nikita Krylov teve seu braço erguido por decisão unânime

Carreira do Nikita Krylov e Johnny Walker

O ucraniano de 28 anos, luta MMA profissionalmente desde o ano de 2012. Como atleta de MMA tem em seu cartel 33 lutas, tendo saído como vencedor um total de 25 vezes e, amargando 7 derrotas até o momento.

Já o brasileiro, chegou ao UFC Brasília com 27 anos de idade após ressente polêmica com seu antigo treinador. Luta MMA profissionalmente desde o ano de 2013, e de lá para cá fez 22 lutas, tendo vencido em 17 oportunidades e perdido nas outras 4.

Deixe uma resposta