(Rey Del Rio / Getty Images)
(Rey Del Rio / Getty Images)

A atual campeã dos galos, Amanda Nunes, recentemente em um post em sua rede social, pediu desculpa a todos. Em entrevista para o “Las Vegas Review” afirmou que acabou passando dos limites ao provocar a ex-campeã Ronda Rousey, por isso, voltou atrás sobre tais atitudes.

“O pedido de desculpas foi pelas palavras que eu disse. Acho que foi um pouco demais porque estava muito chateada, muito irritada por como fui promovida (para) a coisa toda. Eu era a campeã e não tinha o crédito que deveria ter. Sinto que tudo era sobre ela – disse Amanda sobre a luta em Las Vegas, quando fez sua primeira defesa de cinturão.”

Amanda Nunes ainda afirmou que as irritações surgiu quando o UFC acabou deixando Ronda Rousey oculta dos devidos trabalhos de imprensa pré UFC 207.

“Eu nunca lutei irritada antes. Essa foi a única luta que me fez lutar irritada, chateada e ferida. Eles me machucaram e depois da luta não consegui me controlar. Disse palavras ruins e sei que tinha um monte de crianças naquela noite, um monte de gente que não queria ouvir esse discurso ruim. Mas estava tão chateada e tão machucada, não pude me segurar. É por isso que decidi publicar isso depois de alguns dias, algumas semanas depois da luta, porque estava melhor agora. Posso ouvir tudo, todas as coisas, e me acalmei mais, mas estava muito chateada com tudo.”

Para finalizar, Amanda Nunes relembrou todos os feitos de Ronda, porém, deixou claro que ela que merece toda a hegemonia no momento.

“Com certeza. Ronda Rousey era enorme. Sabemos o que Ronda Rousey fez para este esporte, especialmente para o MMA feminino. Eu sei de tudo. Eu a respeito por isso. Mas eu era a campeã. Eu deveria ter um crédito suficiente. É por isso que temos o cinturão. É por isso que o UFC tem o cinturão. Quem é o melhor? Você tem o cinturão. Eu era a melhor. Agora todo mundo vai me respeitar e me tratar melhor, e acho que mereço – concluiu.”