Foto: Brandon Magnus | Getty Images | Zuffa LLC.

Após defecar no octógono em seu combate ante Felice Harrig no UFC Fight Night 112, realizado na Chesapeake Energy Arena em Oklahoma City, Oklahoma, nos Estados Unidos, a norte americano Justine Kish, concedeu uma entrevista ao podcast ‘Submission Radio’, revelando que um fã do UFC, que coleciona ‘peças’ da organização, ofereceu a ela cerca de US$15.000 dólares por seu short ‘cagado’, usado no duelo.

“A oferta mais lucrativa que eu tive foi de alguém que me mandou uma mensagem dizendo: “ei, nós adoraríamos pagar por isso”, porque eu não ganhei bônus. Diria que eu voltei com metade do que gostaria de ter ganho, então o mais lucrativo foi: “eu gostaria de comprar seu short para a minha coleção”. Fiquei pensando em como aquilo era nojento. Existem pessoas realmente nojentas por aí e me ofereceram 15 mil dólares (cerca de R$ 50 mil) pelo meu short. Algum cara queria meu short para a sua coleção. Ele tem tipo um santuário do UFC. Me deu o nome, e-mail e tudo isso, mas, realmente, não quero dar muitos detalhes. A oferta foi mesmo lucrativa, mas eu não vou, quer dizer, por quê? As pessoas dizem para eu mandar, só que vou dar minhas informações pra ele e depois? Não vejo como isso possa ser realmente sério”.