Foto: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Travis Browne está longe de um bom momento na carreira. O americano que já esteve bem próximo de uma disputa de cinturão do UFC, viu sua carreira despencar após ser derrotado pelo brasileiro Fabrício ‘Vai Cavalo’ Werdum. O gaúcho, em 2014, venceu Browne por decisão unânime.

No último sábado (8), o noivo da Ronda Rousey fez mais uma atuação pelo Ultimate. Na edição de número 213 do UFC, em Las Vegas, Travis Browne foi derrotado e amargou a sua quarta derrota consecutiva. Alexey Oliynyk finalizou o havaiano no segundo round e, pode ter encerrado a carreira do Travis.

Após o evento, o presidente do Ultimate, em conversa com os profissionais da imprensa, recomendou a aposentadoria para Travis Browne, que não sabe o que é vencer a cerca de um ano e meio.

-É insano. Travis Browne foi um dos caras que, pouco antes da luta com o (Antônio) Pezão, e até mesmo nessa luta, parecia que seria campeão. Mas é um esporte que você nunca sabe. Em um minuto, você parece imbativel e depois não consegue ganhar uma luta. Acho que ele deveria se aposentar – Disse o mandachuva do UFC.

Travis está com 34 anos de idade e, possui 26 lutas como profissional do MMA, venceu em 18 oportunidades. Caso não se aposente, como recomendou o patrão, ele pode ser demitido do UFC, tamanha má fase que vive.