Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

O americano Kelvin Gastelum é o atual oitavo colocado no ranking da divisão dos médios, mas ontem (22), na luta principal do UFC On Fox 25, sentiu a diferença de força e tamanho dos adversários dos médios e, após ser finalizado no terceiro round contra Chris Weidman, deve regressar a sua categoria tradicional.

Entre idas e vindas entre o meio-médio ao médio, Gastelum não conseguiu emplacar nenhuma grande sequencia de vitórias, oscilando na mesma proporção a sua mudança de divisão. Kelvin ainda chegou a vencer Johny Hendricks (peso casado), Tim Kennedy (peso médio)  e Vitor Belfort (peso médio), tendo o resultado contra o último, sido alterado após ele testar positivo para o uso de maconha.

A migração de Kelvin Gastelum para os médios, se deu basicamente por sua intensa luta contra a balança na categoria anterior, mas ao que parece, Chris Weidman lhe mostrou que o melhor para sua carreira seria regressar aos meio-médios e, acompanhado de mais comprometimento com a dieta. Foi sucintamente o que disse Gastelum na coletiva de imprensa após o evento.

– Sinto que 170 (libras) é a minha casa. Sinto que preciso reavaliar algumas coisas e mudar um pouco meu estilo de vida. Já estou planejando ir a Las Vegas para o UFC Performance Institute. Eles têm excelentes nutricionistas lá com quem vou trabalhar e treinadores de força e condicionamento com os quais vou trabalhar. Eu acho que minha próxima luta deve ser de 170 (libras) – Disse o lutador para os jornalistas.

O veterano Vitor Belfort, que a priori foi vítima de Kelvin Gastelum, usou suas redes sociais para propor ao americano uma revanche. Como o desafio do brasileiro foi muito recente, provavelmente o Gastelum não viu antes da coletiva de imprensa e, agora tem mais um tempo para decidir se arrisca ficar nos médios mais um pouco ou se retorna a sua categoria de origem.

A categoria meio-médio atualmente tem como campeão Tyron Woodley, que irá defender o título contra Demian Maia no UFC 214.

O jovem lutador tem apenas 25 anos de idade, como lutador profissional de MMA, Kelvin Gastelum possui 17 combates, saindo como o vencedor em 14 oportunidades. Vale lembrar que ele foi campeão do The Ultimate Fighter 17, com uma vitória sobre Uriah Hall.