Foto: Jason Silva
Foto: Jason Silva

As vésperas de retornar ao octógono, Jon Jones em entrevista para a “Fox Sports”, afirmou que acredita ser o maior lutador de todos os tempos. O americano ainda alegou que já derrotou seis lutadores do Hall da Fama do Ultimate.

“Acho que já sou o maior lutador de todos os tempos. Meu cartel fala por si só, já derrotei seis lutadores do Hall da Fama, meu currículo é incomparável. Essa luta é enorme para o meu legado, toda luta é grande para o legado. Ele é o acúmulo do que eu faço. Então, toda luta é muito importante. Tento não olhar para uma luta como mais importante que outra, é só mais um confronto. Foco no que posso fazer no octógono, em treinar, me preparar para a luta”.

No próximo sábado (29), Jones irá enfrentar o campeão meio-pesado Daniel Cormier pela segunda vez, no primeiro duelo, Jon venceu por decisão unânime. Ao longo dos últimos anos, a “troca de farpas” entre ele e “DC” foram seguidas, entretanto, para ele, isso não terá influencia no duelo.

“Acho que isso não influencia no modo como vou lutar. Luto há dez anos, são dez anos sem ser superado, já lutei com todos os tipos de atleta. Pessoas que desprezo, pessoas que tenho muito respeito, e sempre foi a mesma coisa para mim. Acho que vai ser a mesma coisa dessa vez. Fiz um esforço consciente para não entrar na dele, porque Daniel é um cara que envolve coisas que não têm nada a ver com a luta. Ele fala do meu passado, de coisas controversas que fiz parte. São coisas que não afetam o que vai acontecer na luta, e sei disso. Então, não vou sentar aqui e ficar batendo boca. Tenho 30 anos, sou um homem crescido. Lutar é o que realmente importa. Não tenho muito o que dizer para ele a essa altura, vou fazer meu “discurso” dentro do octógono.”

O UFC 215 será realizado em Anaheim, Califórnia no dia 29 de julho.