Licença de Jon Jones é cassada pela Comissão Atlética da California

2

O americano ex-campeão do UFC, Jon Jones, teve sua primeira ‘derrota’ em relação a sua última notificação por doping. A Comissão Atlética da Califórnia (CSAC, sigla inglês) cassou a licença do ‘Bones’ e aplicou cumulativamente uma pena de multa.

A licença de Jon Jones para atuar na Califórnia se venceria no mês de agosto, com essa punição, o lutador não poderá mais pedir a renovação da licença enquanto não for julgado pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA, sigla inglês). Além disso, o lutador terá que pagar US$ 205.000 (duzentos e cinco mil dólares) de multa. Convertidos em Real, a quantia gira em torno de aproximadamente R$ 667.000 (seiscentos e sessenta e sete mil reais).

Leia mais:
Dana lamenta atitudes de Jon Jones: “irrecuperável”
Daniel Cormier pede mais compaixão por Jon Jones
Jon Jones usa rede social para negar acusação de doping

O portal americano ‘MMA Fighting‘ e o ‘Combate.com‘ destacaram trechos do depoimento de Jon Jones em sua defesa. Na audiência, o lutador não chorou e manteve a mesma linha de pensamento, alegando sua inocência.

Trechos do depoimento de Jon Jones:

— Esta situação é realmente, muito ruim. Eu não entendo como isso aconteceu e como ele entrou no meu sistema.

— Imagine ser eu. Não tenho ideia de como isso aconteceu. Estou apenas tentando descobrir tudo como todos os outros.

— Você pode me chamar de festeiro, de estúpido, mas trapaceiro é a algo que eu nunca, jamais vou admitir. Não é quem eu sou. (…) Vocês sabem que não faz o menor sentido. Por que eu tomaria esteroides uma semana antes de lutar?

Carreira de Jon Jones.

Com apenas 30 anos de idade, Jon “Bones” é considerado por muitos, como o maior lutador de todos os tempos. Sua primeira luta no UFC foi na edição 87 da organização, estreou com vitória contra o brasileiro André Gusmão. Ao todo, possui 24 lutas como profissional, sendo 22 vitórias, 1 derrota e 1 NC.

Deixe uma resposta