Diego Sanchez x UFC; Entenda a polêmica saída do lutador e o desabafo de Dana

1

Diego Sanchez não é mais lutador do UFC. A passagem do americano pelo Ultimate chegou ao fim após a oficialização da demissão nesta quinta-feira (29). Em entrevista para o ‘Yahoo Sports’ o presidente da organização Dana White disparou várias críticas para o treinador de Sanchez, Joshua Fabia, que segundo ele é o culpado pela saída do lutador.

Diego Sanchez era é um dos lutadores mais antigos do UFC. “The Nightmare” conquistou a primeira edição do “The Ultimate Fighter” e fez sua estreia na organização em 2005.

Conhecido por fazer lutas marcantes e empolgantes durante sua trajetória, Sanchez nos últimos anos passou a ter uma relação conturbada com o Ultimate em decorrência do comportamento de seu treinador. Mas a gota d’água para o UFC foi nos últimos dias, pois segundo Dana a equipe de Sanchez ignorou o fato de provar se o atleta está saudável para entrar em ação no octógono.

Ainda que tenha passado nos exames pontuais para atuar contra Donald Cerrone no próximo dia 8 de maio, o ‘pé atrás’ do Ultimate em relação à saude de Diego Sanchez foi instaurado após Joshua Fabia (treinador de Diego Sanchez) pedir para um coordenador médico do UFC todos os registros médicos do lutador desde sua estreia na organização. Logo em seguida quem entrou em ação foi o diretor de negócios do UFC Josh Campbell que foi questionar o treinador sobre o que estava acontecendo, foi onde que Joshua alegou que Diego supostamente poderia ter sofrido problemas de saúde a médio e longo prazo.

A ação contraditória do atleta e sua equipe preocupou o Ultimate, e Campbell voltou a questionar se Diego Sanchez realmente estava apto para poder lutar, porém o advogado do lutador, Charles N. Lakins, alegou que não poderia responder isso porque ele não é um neurologista e nem tinha encontrado um. Essa resposta não agradou o Ultimate que enviou um e-mail no último dia 27 confirmando o desligamento do atleta do UFC.

Leia também: Após saída de Romero, Anthony Johnson enfrentará brasileiro no GP do Bellator

Dana White em entrevista para o “Yahoo Sports” revelou que não liberará um lutador a entrar no octógono se não provar estar em condições ideais e ainda disparou várias criticas ao treinador.

“Tenho um relacionamento incrível com Diego Sanchez, eu gosto muito dele e espero que ele esteja bem. Uma das coisas tristes que acontecem, não apenas na luta, mas nos esportes são esses esquisitões bizarros que aparecem e ninguém sabe de onde e sugam os atletas. Eles nunca fazem nenhum bem para eles. De alguma forma, esse canalha entrou na vida de Diego e o controlou”, desabafou o mandachuva.

O chefão ainda comentou sobre outros problemas de Joshua nos últimos anos, relembrando um episódio onde ele correu atrás de atletas com uma faca dentro do octógono, além de outro momento onde alegava ter ensinado Diego na luta contra Chiesa uma finalização que paralisaria ou mataria o adversário.

“Ele aparece em um vídeo perseguindo caras no octógono com uma faca. O que é isso? Ele foi até a comissão e diz que ensinou a Diego um toque mortal. E isso continua. Esse cara  apareceu na reunião e disse aos comentaristas o que eles deveriam dizer. O cara é maluco, um doido. Ele trabalhou em cima da vida de Diego e obteve o controle sobre ele. Eu só quero o melhor para Diego”, finalizou Dana.

Ainda não se sabe sobre o futuro de Diego Sanchez, mas após a confirmação de sua saída do UFC, o americano publicou em seu Instagram se dizendo aberto para novos eventos e citou alguns deles; Bellator, ONE Championship e no ‘Bare Knuckle Fighting Championship’.

  1. […] Leia também: Diego Sanchez x UFC; Entenda a polêmica saída do lutador e o desabafo de Dana […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.