Confira todos os resultados do Favela Kombat 29

A 29ª edição do Favela Kombat cumpriu a promessa de agitar o bairro de Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O evento contou com casa cheia e o público que compareceu no último sábado (16) ao Centro Esportivo Miécimo da Silva foi premiado com grandes duelos no evento que coroou Diego Magrinho, Karoline Rosa e Alberto Pantoja como campeões.

Na luta principal da noite estava em jogo o cinturão peso-galo (até 61kg), onde Henrique Souza fazia sua primeira defesa de título contra Diego Magrinho, que já havia se sagrado campeão do Favela Kombat e estava em busca da cinta perdida. O confronto tinha um grande apelo e era bastante esperado, pois os dois lutadores e se provocaram bastante antes do duelo. O combate começou bastante estudado até o primeiro minuto quando Henrique foi para cima, mas o campeão foi surpreendido com um soco no contragolpe e sofreu um knockdown. Com o adversário no chão, Magrinho aproveitou o bom momento para usar seu afiado Jiu-Jitsu e encaixar uma bela guilhotina dando números finais ao confronto.

“Foi uma luta muito dura, o Henrique é um campeão nota 1000, mas hoje o dia foi melhor para mim. Eu provoquei ele, mas faz parte de tudo que envolve uma luta de MMA, mas eu o respeito. Gostei muito da luta, estou muito feliz e graças a Deus trabalhamos muito para essa vitória. Eu sabia que ele vinha para cima, então esperei o momento certo para colocar a mão e graças a Deus entrou o golpe e consegui conquistar esse título, sou um campeão eterno”, disse Diego Magrinho.

Leia também:
Wanderlei Silva confirma luta contra Rampage Jackson no Bellator
Erick Silva assina com LFA e tem estreia confirmada para julho
Confira todos os salários do UFC 225

Karoline Rosa vence Tamara Leorde e se sagra campeã

No único combate feminino da noite estava em jogo o título do peso-pena (até 66kg), mas apenas Karoline Rosa poderia levar o cinturão para casa já que Tamara Leorde não bateu o peso. Mesmo sabendo que não podia conquistar o título, Tamara entrou disposta a não deixar a atleta da PRVT se sagrar campeã, mas Karoline não deu chances e dominou o confronto aplicando fortes golpes na adversária.

O castigo era tanto que Tamara Leorde ficou bastante ferida e no intervalo do segundo para o terceiro round os médicos avaliaram a atleta, mas a liberaram para continuar. De volta ao confronto, Karoline Rosa manteve a pressão e colocou a adversária para baixo. Por cima, a atleta da PRVT aplicou fortes cotoveladas até o árbitro Flávio Almendra interromper a luta que sagrou a Karoline como a nova campeã peso-pena do Favela Kombat.

“Minha estratégia era sair na porrada mesmo e acabei conseguindo o nocaute no terceiro round e estou muito feliz. Vim preparada para um combate duro na trocação, treinei bastante e acabou rolando o nocaute. Estou pronta para a próxima é só marcar, quem quiser tirar esse cinturão de mim vai ter que treinar bastante”, disse.

Alberto Pantoja vence Clodoaldo Souza e mantém cinturão

Na primeira disputa de cinturão da noite, Alberto Pantoja colocava em jogo seu título pela terceira vez e teve pela frente Clodoaldo Souza. Os dois atletas travaram um duelo bastante equilibrado e no final Pantoja levou a melhor por decisão dividida. O atleta da Arena Champs já tem adversário definido para sua próxima defesa. O campeão peso-pena terá pela frente Jefferson Braga que se credenciou para disputar o cinturão ao nocautear Eduardo Terremoto também no Favela Kombat 29.

“Graças a Deus ele me abençoou com essa grande vitória em mais uma defesa. Foi uma luta muito dura, eu vim com uma estratégia montada, mas em cima da hora meus treinadores mudaram a estratégia, pois eles viram que não ia conseguir levar do jeito que a gente pensou, mas graças a Deus ele abençoou e a gente conseguiu sair vitorioso em mais uma defesa. Mais uma vitória para a minha equipe, a Arena Champs. Estou cada vez mais evoluindo e quem vier tentar tirar o cinturão de mim, tem que vir bem forte e preparado, porque eu não quero deixar esse cinturão para ninguém, quero continuar com ele até a minha aposentadoria e quero fazer história no Favela”, disse.

Além das disputas de cinturão, o Favela Kombat 29 também contou com mais 10 lutas, sendo sete de MMA e três de Muay Thai que também agitou o público com um show de nocautes e finalizações. Os destaques da noite foram Ramatis Bastos e Reinaldo Mudo que precisaram de menos de um minuto para resolver seus combates. Ramatis finalizou Bruno Favela em 54 segundos. Mudo foi mais rápido ainda e nocauteou Alex Oliveira em apenas 48 segundos.

Os outros nocautes da noite vieram com Alexandre Vieira sobre Vladmir Garcia, Aldo Pereira sobre Maicon Bomba e Jefferson Braga sobre Eduardo Terremoto.

O Favela Kombat é presidido por Claudinho FK, que em uma palavra resumiu o show do final de semana, “Sensacional!!!”.

Confira os resultados do Favela Kombat 29

Disputas de cinturão do Favela Kombat 29

Até 61kg – Diego Magrinho (Team Base) venceu Henrique Souza (WST/Vitall Thai Team) por finalização (guilhotina) aos 2:10 do 1o. round – Árbitro: Leonardo Marques

Até 66kg – Karoline Rosa (PRVT) venceu Tamara Leorde (WTF) por nocaute técnico (interrupção) aos 2:18 do 3o. round – Árbitro: Flávio Almendra

Até 66kg – Alberto Pantoja (Arena Champs/Nova União) venceu Clodoaldo Souza (Team Nogueira) por decisão dividida – Árbitro: Julian Fabrin

CARD PRINCIPAL do Favela Kombat 29

Até 88kg – Alexandre Vieira (Team Doutrinador) venceu Vladmir Garcia (Team Base/Miécimo) por nocaute técnico (socos) aos 1:10 do 1o. round (peso combinado) – Árbitro: Luiz Aymoré

Até 70kg – Aldo Pereira (Brothers MMA) venceu Maicon Bomba (Team Nogueira) nocaute técnico (socos) aos 4:20 do 2o. round – Árbitro: Flávio Almendra

Até 93kg – Wanderson Samurai (SST/Team Base) venceu Paulo Boyko (GFTeam) por decisão unânime – Árbitro: Leonardo Marques

Até 70kg – Reinaldo Mudo (RMT) venceu Alex Oliveira (WCT) por nocaute técnico (socos) aos 00:48 do 1o. round – Árbitro: Julian Fabrin

Até 66kg – Jefferson Braga (Club Fight Sports/BFT) venceu Eduardo Terremoto (Terremoto MMA) por nocaute técnico (socos) aos 4:31 do 1o. round – Árbitro: Flávio Almendra

Até 70kg – Ramatis Bastos (Bombardeio Fight/Caçadores) venceu Bruno Favela (Nael Pedra Team) por finalização (mata-leão) aos 00:54 do 1o. round – Árbitro: Luiz Aymoré

Até 70kg – Wanderson Gago (Team Base) venceu Jonas Amorim (Team Barreto MMA) por decisão unânime – Árbitro: Julian abrin

MUAY THAI do Favela Kombat 29

Até 80kg – Roberto Bayer (Club Fight Sports) venceu Matheus Obeso (Avera Team) por decisão unânime

Até 60kg – Marco Antônio Mosquito (Mosquito Fight Team) venceu Francisco Dbranco (Beto Padilha Team) por decisão unânime

Até 78kg – Warlon Araújo (Club Fight Sports) venceu Sérgio Augusto (Metanoia Team) por desistência

Foto: Renato Nogueira/FotoNaLuta

Anthony Davi

Anthony Davi Kuakoski da Silva, ou simplesmente Anthony Davi. Com apenas 13 anos, o garoto vem se destacando nos eventos amadores na região sul do Brasil, incluindo a mais recente conquista, o cinturão Sul Brasileiro de Muay Thai, evento organizado pela CMTB (Confederação de Muay Thai do Brasil) que aconteceu no último domingo, dia 19 de novembro em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Anthony treina Muay Thai há quatro anos por incentivo dos pais por estar acima do peso na época. Seu pai é o líder da Pelé Team em Santa Catarina, Daniel Kuakoski, o qual também é o ídolo de Anthony: “Ele que me apresentou a esse esporte e sou muito grato por isso”, comenta o jovem que já soma oito lutas amadoras e está invicto na carreira.

 Veja também:

Daniel Kuakoski dá a sua visão sobre o filho e também atleta e projeta o futuro:

 “Como pai fico orgulhoso de ter um filho assim. Como treinador, vejo um atleta disciplinado e aguerrido focado nos objetivos. Vejo ele lá na frente como um dos melhores da sua categoria”.

Anthony fez três lutas durante o Sul Brasileiro e comenta sua estreia nesse tipo de competição:

“Essa foi a minha primeira vez que participei de um evento assim e só peguei caras duros mas graça a Deus eu consegui me sair superior aos os meus adversários e trouxe o título de campeão sul brasileiro para minha equipe”.

O atleta sonha alto em um dia poder estar no UFC e conta quem são seus ídolos no maior evento de MMA do planeta:

“Tenho o sonho de estar no UFC e meus ídolos são Dominick Cruz e TJ Dillashaw”.

Outros atletas da Pelé Team também participaram da Copa Sul Brasileiro de Muay Thai 2017. Enzo Matheus fez três lutas e ficou com o vice-campeonato; Lucas Bacile foi derrotado na preliminar e Paula Luiza “Estrelinha” foi campeã por W.O., já que não tinha adversária de sua categoria na disputa.

Organizado pela academia “Anjos do Muay Thai”, a quarta edição do Zona de Combate será realizado no próximo sábado (07) e domingo (08) na cidade de Sinop no interior do Mato Grosso. O evento contará com 200 atletas, em um campeonato interestadual de Muay Thai, Boxe e Kickboxing.

Leia também: Amanda Lemos recebe suspensão de dois anos após doping

No primeiro dia, os atletas serão dividido em chaveamentos com quatro atletas, já no domingo (08), um GP com o cinturão da divisão dos penas e dos médios agitará o evento, com uma premiação de 2 mil reais, além do cinturão. A pesagem oficial será realizada no sexta-feira (06) na loja JD Esportes a partir das 13:00.

Cinturões do evento (Imagem: Divulgação)

Organizador do evento, Genivaldo José da Silva ressaltou a importância do evento para o surgimento de novos talentos, não só da região, pois o evento irá contar com atletas de 17 estados do Brasil.

Multi-campeão no Muay Thai, José Vaz Neto “Zé Eskiva” também está confirmado para o campeonato. O atleta que reside na cidade de Alta Floresta (MT), conquistou em outubro de 2017 o campeonato mundial em Birmingham na Inglaterra.

LOCAL DA QUARTA EDIÇÃO DO ZONA DE COMBATE:

-Ginásio Municipal José Carlos Pasa – (Avenida das Sibipirunas, 2236, JD Botânico)
-SINOP – Mato Grosso
-Início a partir das 10:00 no sábado, e no Domingo a partir das 15:00 horas
Liga de Muay Thai

O tradicional bairro de Vila Isabel, Zona Norte do Rio de Janeiro, é conhecido por ser um dos berços do samba, a terra de Noel Rosa, mas no dia 26 de novembro o som do samba será substituído pelo barulho dos socos e chutes dos atletas que sobem no ringue que será montado pela Liga de Muay Thai na quadra da Unidos de Vila Isabel para o Campeonato Sulamericano de Muay Thai.

As lutas amadoras acontecerão durante o dia, a partir das 9 horas, bem como as finais do Campeonato Brasileiro de Savate e ainda 10 Lutas de Boxe Olímpico. E a partir das 18 horas, os profissionais sobem no ringue para o Campeonato Sulamericano de Muay Thai que contará com a disputa de cinco cinturões brasileiros e três sulamericanos.

Além dos brasileiros, o torneio contará com atletas da Bolívia, Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile.

Veja também:

Para o organizador do evento, o mestre e árbitro Flávio Almendra, as expectativas para o Campeonato Sulamericano Muay Thai são as melhores.

“Estamos com grandes expectativas, já que é um novo evento, uma aposta da ISKA no Brasil, a entidade que já chancela eventos como o Glory e o Bellator Kickboxing e apostam no Brasil como porta de entrada para a América Latina, por isso não estamos medindo esforços para realizar um grande show”, disse.

Além do Sulamericano de Muay Thai, serão realizadas as finais  do Campeonato Estadual da Liga de Muay Thai e o Brasileiro de Savate que contará com um dia inteiro de grandes duelos, que terão início às 9 horas.

Os ingressos para a Liga de Muay Thai já estão à venda no valor de R$ 15 na sede da Liga ou pelo site www.ligademuaythai.com.br .

Para quem quiser comparecer ao Sulamericano de Muay Thai o endereço da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel é Boulevard 28 de Setembro, 382, Vila Isabel, Rio de Janeiro, ou simplesmente, Cidade Maravilhosa para os mais chegados.

O tradicional bairro de Vila Isabel, Zona Norte do Rio de Janeiro, é conhecido por ser um dos berços do samba, a terra de Noel Rosa, mas no próximo sábado (26) o som do samba será substituído pelo barulho dos socos e chutes dos atletas que sobem no ringue que será montado na quadra da Unidos de Vila Isabel para o Campeonato Sul-americano de Muay Thai.

A organização do evento divulgou o card com as lutas pelo cinturão sul-americano, brasileiro e o desafio de Muay Thai profissional.

As lutas amadoras acontecerão durante o dia, a partir das 9 horas, bem como as finais do Campeonato Brasileiro de Savate e ainda 10 Lutas de Boxe Olímpico. E a partir das 18 horas, os profissionais sobem no ringue para o Campeonato Sul-americano de Muay Thai que contará com a disputa de cinco cinturões brasileiros e três sulamericanos. Além dos brasileiros, o torneio contará com atletas da Bolívia, Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile.

Para o organizador do evento, o mestre e árbitro Flávio Almendra, as expectativas para o Campeonato Sulamericano Muay Thai são as melhores.

“Estamos com grandes expectativas, já que é um novo evento, uma aposta da ISKA no Brasil, a entidade que já chancela eventos como Glory e Bellator Kickboxing e apostam no Brasil como porta de entrada para a América Latina, por isso não estamos medindo esforços para realizar um grande show”, disse.

Os ingressos já estão à venda no valor de R$ 15 na sede da Liga ou pelo site www.ligademuaythai.com.br.

Para quem quiser comparecer ao Sulamericano de Muay Thai o endereço da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel é Boulevard 28 de Setembro, 382, Vila Isabel, Rio de Janeiro – RJ.

Confira o card das disputas de cinturão da Liga de Muay Thai

Disputa dos Cinturões Sul-americanos

Até 77kg – Altamiro x Anderson Boyca

Até 70kg – Adriano Trator x André Luis

Até 66kg – Diogo Manna x Wendio Shaokan

Disputa dos Cinturões Brasileiros

Até 70kg – Bruno Buakwal x Anderson Santos

Até 66kg – Henrique Calango x Rafae Blindado

Até 93kg – Cleison Silva x Fábio Jorge

Até 100kg- Vinícius Gonçalves x Ronilson Santos

Desafio Profissional de Muay Thai

Até 70kg – Ronaldo Cica x Alex Ribeiro

Até 77kg – Buchecha x Junior Sequela

Até 100kg- Marcelão Kromos x Leandro Mu-Ha

 

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs