Foto: Arquivo Pessoal.

Após diversas tentativas e apelos em redes sociais, pedindo uma chance de lutar no octógono mais famoso do mundo, a ex-campeã peso-palha do Invicta FC Livinha Renata já está de ‘malas prontas’ para desembarcar no Ultimate, já que assinou contrato com a franquia presidida por Dana White.

A notícia foi dada nesta sexta-feira (20) pela própria atleta, que postou em suas redes sociais, uma foto comemorando o grande feito.

“Temos que acreditar nos nossos sonhos, sermos leais com os nossos e sempre ter fé no que dizem que é impossível, hoje meu maior objetivo se concretizou, sou a mais nova peso-palha do UFC e sem o apoio do meu pai, dos meus professores, de todos meus amigos e patrocinadores, meus fãs e a toda cidade que me apoiam, isso jamais aconteceria, tô muito ansiosa pra jogar comigo no Playstation 4”, festejou com uma brincadeira de que gostaria de jogar com ela mesma no console da Sony.

Empresário responsável por ajudar Lívia a conseguir o contrato, Marcelo Brigadeiro também comentou a contratação.

“Demorou mas rolou. Livinha agora é atleta do UFC. Foi, sem sombra de dúvidas, uma das negociações mais complicadas que pode-se imaginar, mas o que importa é que deu certo. Parabéns Livinha, merecidíssimo”, escreveu o líder da Astra Fight Team.

Nós da Tudo Sobre MMA e da TV Fight já entramos em contato com a mais nova contratada do Ultimate Fighting Championship e estamos no aguardo de respostas da atleta.

Foto: Combat Press.

Ex-campeã da categoria, a brasileira Lívia Renata Souza terá a chance de retomar o título da categoria peso-palha do Invicta Fighting Championships, a maior organização de MMA dedicada às mulheres do planeta e além disso, a data para o retorno de ‘Livinha’ e sua adversária também já foram anunciados.

O Invicta FC será realizado no dia 31 de agosto, nos Estados Unidos, mas segue sem local definido para ser sediado. A adversária da ‘brazuca’, será a norte americana Jodie Esquibel (6v-2d), que vem de vitória sobre DeAnna Bennett na decisão dividida dos árbitros laterais, luta esta, realizada no dia 25 de março deste ano, no Invicta FC 22.

Livinha está em busca não apenas do cinturão, mas de uma vaga no UFC, já tendo feito apelos ao evento para poder figurar e mostrar ao mundo quem ela realmente é. A atleta da Team Máximo/Atos BJJ de Araraquara, interior do Estado de São Paulo, vem de vitória sobre a campeã peso-átomo do IFC (luta no peso-palha que não valeu cinturão da categoria até 48) Ayaka Hamasaki com um nocaute avassalador com apenas um minuto e quarenta segundos do primeiro round, também na edição de número 22 da franquia.

Outra disputa de cinturão também foi confirmada para o mesmo dia, onde Raquel Pa’aluhi tentará seu segundo triunfo consecutivo e o cinturão da categoria ante a russa Yana Kunitskaya, que chegou a ser campeã (ao finalizar a ex-campeã Tonya Evinger no IFC 20 em novembro de 2016), mas teve o cinturão retirado pela organização já que o árbitro central responsável pelo cage na ocasião (Mike England), acabou errando e o resultado de vitória para Yana ante Tonya Evinger, fora transformado em no contest (luta sem resultado), com isso, Tonya, que agora irá disputar o cinturão da categoria peso-pena do UFC contra Cris ‘Cyborg’ no UFC 214, dia 29 de Julho em Anaheim, acabou mantendo o cinturão. Após isso, uma revanche foi marcada, com vitória de Evinger por finalização com um mata-leão, no Invicta FC 22.

Resumidamente, o cinturão peso-pena que está vago, será disputado na mesma noite do dia 31 de agosto por Raquel Pa’aluhi e Yana Kunitskaya.

Cris Cyborg respondeu provocação do treinador de Ronda Rousey
Imagem: MMA Fighting

Após nocautear Tonya Evinger no terceiro round, na edição de número 214 da maior organização de MMA do mundo, a brasileira Cristiane ‘Cyborg’ Justino se tornou a primeira brasileira campeã dos pesos penas femininos.

Após o combate, logo começou a se especular qual seria a primeira atleta a tentar tomar o cinturão da curitibana. Durante entrevista para canal da TV americana ‘FOX Sports 1’, a brasileira deu o nome de sua favorita para ser sua primeira defesa de título.

– Eu gostaria de uma luta contra a Holly Holm como minha próxima etapa. Acho ela uma excelente lutadora e ela é uma garota grande, assim como eu. Ela já lutou nos pesos-penas. Penso que é uma luta que todos os fãs vão gostar porque ela também gosta da trocação. Vamos fazer isso, talvez ano que vem. Não sei.- Declarou Cris ‘Cyborg’.

Aos 32 anos, Cristiane ‘Cyborg’ Justino é a atual campeã dos pesos penas femininos. fez a vigésima luta da carreira no UFC 214, e dessas, saiu como vencedora em 18 oportunidades. Ex-campeã do Invicta e Strikeforce, é apontada por muitos, como a maior lutadora de todos os tempos.

Cris Cyborg defendeu Werdum e relembrou omissão do UFC
Foto: Getty Images

A primeira disputa de cinturão da noite de lutas em Anaheim , nos Estados Unidos, foi a disputa dos pesos penas femininos entre Cris Cyborg x Tonya Evinger.

Cris Cyborg foi a primeira golpear e Tonya Evinger acabou escorregando, em outras oportunidades a brasileira voltou a golpear de maneira contundente o frontal da adversária, que a essa altura, tentava colocar a luta para o solo, onde teria, mais chance. Tonya Evinger até conseguiu aplicar duas quedas, mas em ambas a Cris bateu e voltou. Um dedo no olho da brasileira interrompeu o combate na segunda metade do assalto. Após isso, ‘Cyborg’ voltou para combate e confirmou o round com mais bons socos que levantaram a torcida.

O segundo round voltou com a mesma proposta do round anterior. Imponto o ritmo da luta, a brasileira Cris ‘Cyborg’ foi abrindo vantagem no assalto novamente com seus potentes socos no frontal da Tonya Evinger, que resistia duramente. ‘Cyborg’ acabou levanto mais um round depois de mostrar seu bom muay thai.

Parecia um replay, de maneira arrasadora Cris ‘Cyborg’ foi impondo seu jogo sobre Tonya Evinger, que não conseguia mais absolver os golpes com tanta facilidade, mostrando nítido cansaço e abatimento após a saraivada de golpes. Foi quando a brasileira emplacou uma sequencia de joelhadas certeiras , fazendo a americana sucumbir de cara no tablado.

Aos 32 anos, Cristiane ‘Cyborg’ Justino se sagrou a primeira brasileira a ser campeã dos pesos penas femininos. Essa foi a vigésima luta da brasileira, que saiu como vencedora em 18 oportunidades e, é apontada por muitos, como a maior lutadora de todos os tempos.

Foto: Reprodução/Facebook/Câmara dos Deputados

Um PL – Projeto de Lei – que estava adormecido na Câmara dos Deputados desde 2009, voltou a assombrar os fãs de um dos esportes que mais cresce no mundo esta semana. O Deputado José Mentor (PT-SP) tenta aprovar lei que visa proibir a transmissão de eventos de MMA em todo território nacional.

– As artes marciais têm filosofia, que é exatamente o oposto da Mixed Martial Arts… Quanto mais agressivo, quanto mais você ferir o outro, mais rápido se ganha a luta. Aqui (no MMA) é uma luta violentíssima aqui não é esporte e nem arte marcial – disparou José Mentor (PT-SP), em entrevista ao programa “Palavra Aberta” da TV e Rádio da Câmara dos Deputados. (entrevista pode ser acessada clicando AQUI)

Vale ressaltar que até mesmo em canais de televisão fechada, como o Canal Combate, que é a emissora oficial do UFC no Brasil e a Fox Sports que transmitem o Bellator, One FC e muitos outros eventos internacionais, bem como o canal Esporte Interativo que transmite a maioria dos eventos de cunho nacional entre outros.

Temendo aprovação do citado projeto, o Exmo Sr Deputado Federal Ronaldo Martins (PRB-CE) procurou a redação da Tudo Sobre MMA e da TV Fight em busca de apoio da mídia independente e consequentemente o envolvimento dos fãs desse esporte (que são milhões) para barrar a entrada em vigência dessa lei que discrimina o MMA, como citou o Deputado.

– Em princípio, o cerceamento de transmissão de competições de um esporte que hoje já está massificado no Brasil. Depois, que há uma clara discriminação conta o MMA, já que libera a transmissão de competições de judô, karatê, jiu-jítsu. E por aí vai… – Indagou o parlamentar.

Segundo a informação de Ronaldo Martins, a votação deve ocorrer amanhã as 10 horas. A matéria sera apreciada pela Comissão de Ciência e Tecnologia e é de cunho terminativo, ou seja, não requer votação em Plenário, se o parecer da Comissão foi favorável, o projeto começa a ter força de lei. O deputado ainda aponta o Partido dos Trabalhadores e outros Partidos de esquerda.

– Há uma movimentação principalmente do PT (Partido dos Trabalhadores) e dos outros partidos de esquerda (aliados). Saberemos amanhã (os nomes dos deputados que votarão a favor). – Disse o Deputado.

O Deputado Ronaldo Martins é voz ativa no que diz respeito as Artes Marciais, tanto na vida parlamentar como na vida pessoal. Prova disso é que no UFC Fortaleza, foi corner do lutador cearense Rony Jason.

A transmissão da votação não será televisionada, mas o interessado em saber da votação poderá assistir pela internet. O link que é disponibilizado para os internautas é divulgado momentos antes da Comissão dar início a votação. Para isso, deve-se acessar o site da Câmara, após isso click no item “atividades legislativas” no menu do site e selecione a opção ”Comissões”, chegando aqui, deve ir para a Comissão de Ciência e Tecnologia.

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs