Pela primeira vez, Conor McGregor admite deixar um dos cinturões em caso de vitória no UFC 205

0
Reprodução:Internet
No dia 11 de novembro, Conor McGregor tentará um feito jamais visto no MMA. Possuir dois cinturões ao mesmo tempo. O irlandês irá encarar o americano Eddie Alvarez na luta principal do UFC 205. Porém, Conor admite deixar um dos cinturões em caso de vitória. Confira um trecho da entrevista ao “Sports Illustrated”.
-“Só me deixem ver as minhas fotos com meus dois cinturões, um em cada ombro, em todas as publicações. Me deixem sair do octógono e levantar meus dois cinturões, que é algo que nunca foi feito, e só depois falem em me tomar um deles. Me deixem fazer essas coisas antes! Eu sempre vou ouvir os argumentos a favor dos movimentos certos nos negócios, e eu sempre darei o passo certo, mas me deixem aproveitar e ver algumas fotos minhas com meus dois cinturões, e me deixe abraçá-los por pelo menos metade de um dia. Não tentem tirar de mim um momento histórico antes que eu ao menos o experimente.”
O “Meteoro” Conor McGregor chegou ao UFC em 2013 ao vencer Marcus Brimage, desde isso, Conor emplacou 6 vitórias seguidas, sendo cinco delas nocaute e uma por decisão. Inclusive derrotou o até campeão, José Aldo ano passado. Passado isso, Conor subiu para os leves para enfrentar Rafael Dos Anjos pelo título máximo da categoria, Entretanto, Do Anjos se lesionou  um mês antes do combate, e para substituir-lo, Nate Diaz foi escalado para enfrentar o irlandês. Azarão no duelo, Nate surpreendeu a todos e finalizou o campeão peso pena. E no último dia 20 de agosto, uma revanche foi marcada entre os dois, e em uma decisão polêmica, Conor McGregor venceu o americano por decisão dos juízes. Agora, Conor tentará mais uma vez levar o cinturão peso leve para casa no dia 12 de novembro ao enfrentar o americano Eddie Alvarez.

Deixe uma resposta