Rapidinhas TSM: Conor alfineta Aldo, manda recado para Ronda e Dana fala sobre peso pena feminino

0

Confira as últimas notícias do mundo do MMA


Conor McGregor alfineta Aldo: “Acho que ele não queria a revanche”

Foto: Brandon Magnus/ Zuffa  LLC
O irlandês campeão dos pesos penas do Ultimate, comentou pela primeira vez sobre as declaração de José Aldo que vem chamando atenção na última semana.
O atleta da Nova União mostrou publicamente a sua insatisfação com a maior organização de MMA do mundo e, pediu para que fosse liberado do contrato, senão iria se aposentar.
Ao comentar sobre a polemica declaração de Aldo, Conor McGregor alfinetou o brasileiro, alegando não acreditar que Aldo queria realmente a revanche.
– Eu não acho que (José Aldo) queira a revanche. Acho que ele está feliz com essa rixa, com essa desculpa para sair. Eu o nocauteei, ele voltou e ganhou uma luta por decisão, tem o título interino. Eu acho que ele quer se separar, quer ter essa rixa. Ele não quer isso de novo – disse o irlandês no Facebook do “The Lab Bible”.

Campeão dos penas manda recado para Ronda Rousey: “Vá e reconquiste aquilo que é seu”

Foto: Jeff Bottari/ Zuffa LLC
O presidente do UFC oficializou na semana passada o retorno de Ronda Rousey ao octógono da organização. A brasileira Amanda Nunes, atual detentora do cinturão da divisão dos galos femininos, vai ser a responsável por dar as novas boas vindas para a americana no último evento do ano, realizado em Las Vegas no dia 30 de dezembro.

Conor estava promovendo o seu personagem do jodo “Call Of Duty” e adentrou no assunto sobre a judoca ex-campeã da organização. Conor aconselhou Rousey e revelou sua torcida para a volta por cima da lutadora.

“Eu diria a ela para entrar lá e deixá-los calados. Deixe todos os críticos quietos. Vá e reconquiste aquilo que é seu. Desejo a Ronda apenas o melhor e é ótimo vê-la de volta. Algumas pessoas tratam a vitória e a derrota de uma certa maneira. Você vê como eles sentem a derrota. Estou feliz de saber que ela está pronta e desejo que ela continue assim. Estou animado para ver como isso irá se desenrolar”, afirmou.

Dana fala sobre peso pena feminino: “Não há meninas o bastante para isso”

Foto: Jeff Bottari/ Zuffa LLC
A brasileira Crys Ciborg Justino vai ter que esperar mais para ter uma divisão fixa dentro do Ultimate.  Invicta a onze anos, Cyborg já fez duas lutas pelo Ultimate, mas no entanto, ambas em peso casado, devido a não existência dos pesos penas femininos no UFC e ser desgastante demais descer aos galos.
Dana foi a um programa americano chamado “Speak for Yourself” e jogou de vez um balde de água fria na criação da categoria até 66kg feminino.

– Deixe eu te fazer uma pergunta: o que faz de alguém uma estrela? O que tem sido feito com a Ronda que não tem sido feito com a Cyborg no tocante de transformar alguém em estrela? A Ronda é uma campeã mundial, teve o cinturão e etc. Nós não temos um cinturão na divisão peso-pena. Não temos aquela divisão de peso pra Cyborg, porque não há meninas o bastante para abrirmos uma divisão peso-pena. Eu tomo conta do negócio, eu sei o que está acontecendo. Ela pode falar a besteira que quiser, eu é quem sei – disse.

Deixe uma resposta