Amanda Nunes aponta adversária para fazer sua primeira defesa de cinturão

0

A brasileira está junto com os fãs e quer enfrentar Ronda Rousey

Foto: Jeff Bottari/ Zuffa LLC
No evento histórico, uma brasileira deixou o seu nome cravado para a eternidade do esporte. Na edição de número 200 do UFC, Amanda Nunes subiu ao octógono mais famoso do mundo para enfrentar Miesha Tate, até então campeã, mas não foi párea para a brasileira que passou o carro e venceu por finalização (mata-leão) , ganhando o título e muita moral dentro da organização.
Agora a nova campeã está à espera de uma nova adversária, para enfim, defender o seu cinturão pela primeira vez. Pretendentes para isso não faltam, várias atletas já se manifestaram desafiando a lutadora brasileira, mas o público quase unânime, pede o retorno de Ronda Rousey conta Amanda em uma disputa de título.
A brasileira em entrevista exclusiva ao combate.com não fugiu da raia, foi junto com a multidão e declarou que quer lutar contra a musa do UFC.
-Acho que os fãs estão esperando a Ronda Rousey voltar e é uma luta que faz sentido pra mim, porque eu fiz história no UFC 200 e quero continuar fazendo história. Para a minha próxima luta ser grande e ser a luta principal de um evento, tem que ser contra a Ronda Rousey. Juliana Peña ainda não é ninguém nessa divisão. Não tem como vender uma luta com ela. Então, faz sentido para mim enfrentar a Ronda porque ela fez muito por esse esporte. Estou esperando… Vai ser uma luta imensa, um evento histórico que vai fechar com chave de ouro, se for esse ano. 
 A entrevista na integra pode ser acessada CLICANDO AQUI. 
 Ronda Rousey não luta desde novembro de 2015, quando sofreu a primeira derrota da sua carreira, e foi nocauteada de forma devastadora por Holly Holm. Já a brasileira vive o melhor momento em sua carreira vem de quatro vitórias convincentes 

Deixe uma resposta