Em luta dura, McGregor vence Nate Diaz por decisão majoritária

0

Luta parelha do início ao fim.


Foto: Steve Marcus/ Getty Images

A luta mais esperada da noite começou por volta de 1 hora da manhã. O combate começou com os atletas se estudando e os primeiros golpes da luta foram chutes baixos, onde os lutadores foram entrando na luta e sentindo como seria o combate.

Nate Diaz estava mais solto na luta, e o irlandês estava mais focado. Com dois minutos de luta o Conor acertou bons golpes, já balançando o seu oponente que chegou a ir ao solo, porém, McGregor preferiu se afastar e deixar a lutar voltar em pé.

No decorrer do primeiro round, Diaz voltou para o combate e a luta ficou mais interessante para o publico, onde ambos os atletas atacavam e contra-golpeava. O primeiro assalto acabou com uma vantagem clara para o campeão do peso pena.

No segundo round começou com o McGregor sobrando, aplicando dois knockdown’s, castigando o Diaz na luta em pé. Sem se afobar para acabar o combate, o irlandês permaneceu focado, minando o americano pouco a pouco, com seus potentes golpes. No ultimo minuto do assalto, Nate Diaz cresceu no combate e também golpeou duramente o seu oponente, tornando o round mais parelho, mas ainda com uma ligeira vantagem de Conor.

No terceiro round, Conor McGregor já aparentava sentir o gás, e Nate Diaz veio crescendo cada vez mais no combate. Nessa altura da luta, os melhores golpes vinham dos punhos do americano. Após socos trocados, Diaz passou a investir nas quedas que foram frustradas, mas seus golpes foram suficientes para garantir o terceiro round, com direito a uma saraivadas de golpes na reta final do assalto.

Depois de quase ter caído, Conor voltou para octógono querendo garantir mais um round, partiu do irlandês os primeiros golpes do quarto round. O combate foi amornando já na metade do round, os lutadores estavam na grade, com golpes sem muita potência. Mesmo cansado, o Conor fez um round melhor que o americano.

As tentativas de quedas do Nate Diaz continuaram sendo frustradas no último round. A trocação sem muita potência, era favorável ao americano, que com golpes curtos ia contabilizando pontos importantes. A queda de Nate Diaz veio tarde demais, faltando apenas dez segundos, nada podia ser feito, e o assalto chegou ao fim com a vitória clara de Nate.

Na soma das papeletas dos árbitros laterais,  Conor venceu por decisão majoritária dos juizes.

O irlandês tem 28 anos e 23 lutas como profissional, sendo 20 vitórias e apenas 3 derrotas.



Deixe uma resposta