Amanda Ribas recebe suspensão de dois anos, após doping

0

Ao que tudo indica, a estreia da brasileira Amanda Ribas está longe de acontecer no UFC. Após assinar com o Ultimate em maio de 2017, a peso-palha testou positivo em exame antidoping antes mesmo de estrear na organização.

Nesta quarta-feira (10), a USADA (Agência antidoping dos Estados Unidos) anunciou uma suspensão de dois anos para a mineira. A substância “Ostarine” foi encontrada nos exames de Amanda. Tal elemento é “pertence à classe dos moduladores seletivos do receptor de androgênio, conforme publicou a USADA. A substância é vendida ilegalmente nos Estados Unidos e no mundo, e tem como função principal a melhora no desempenho.

Leia também: John McCarthy se aposenta e vai ser comentarista do Bellator
Em busca de recuperação, Renan Barão enfrenta Brian Kelleher no UFC On Fox 28

Com seis vitórias e apenas uma derrota na carreira, Amanda Ribas está com 23 anos. Em seu combate mais recente, venceu Jennifer Gonzalez por nocaute técnico no Max Fight 18 em maio de 2016.

Deixe uma resposta