Tag: Aposentadoria

(Foto: Mark J. Rebilas/USA Today)

Ex-campeão peso-médio do UFC e considerado por muitos como o maior nome da história do MMA, Anderson Silva já tem 41 anos, mas não mostra sinais de estar sequer pensando em aposentadoria. O ex-campeão peso médio disse que se vê lutando por muito mais tempo, até sete anos, quando teria 48.

“Eu penso em honrar meu contrato com o UFC sim. Nós temos muitas lutas para fazer ainda e, com o apoio do UFC e da minha família, eu quero continuar lutando, talvez por mais sete anos”, comentou o Spider, em conferência por telefone antes do UFC 208.

Anderson também elogiou seu próximo adversário, o americano Derek Brunson e reafirmou desejo de enfrentar Conor McGregor.

“A luta com o Brunson é boa para minha história no UFC. É um grande desafio, como tudo em minha vida (…) A luta com o Conor seria histórica para o UFC e eu o respeito muito, ele mudou tudo no esporte. Não quero desrespeitá-lo, apenas me desafiar. Respeito ele, mas acho que é o grande show, a grande luta para o resto da minha vida”, encerrou.

Depois de dois revés, o fim.


Foto: Reprodução/MMA Junkie
E o UFC 205 vai ficando marcado mesmo e não só pelo seu card histórico e pelas suas lutas incríveis. Isso porque Miesha Tate, após ser derrotada, surpreende todos do mundo do MMA e anuncia sua aposentadoria. Parece que não é algo que estava planejado antes do desfecho da luta, mas a decisão foi tomada. Miesha e Ronda Rousey, sua eterna rival, são as únicas duas atletas que conquistaram o cinturão do Strikeforce e UFC. A americana de 30 anos, a guerreira Miesha Tate, deixa o octógono com o cartel de 18 vitórias e 7 derrotas.
 É uma pena para todos do mundo da luta porque ela era uma atleta muito empolgante e que sabia promover muito bem suas lutas, principalmente as contra Ronda Rousey. Só temos a agradecera a essa excelente lutadora.

As publicações a respeito disso hoje, começaram com Conor McGregor.

As especulações sobre a aposentadoria de Conor McGregor rapidamente viralizou. Todos os fãs de MMA discutem a vericidade do post que o irlandês fez em sua conta oficial no Twitter. Em seu idioma natal, o atual campeão dos pesos penas do UFC anunciou que encerrou sua carreira, mesmo jovem e agradeceu pelo dinheiro.
O fato mencionado ganhou mais força com uma publicação do técnico do Irlandês, usando a mesma rede social, o treinador de Conor McGregor publicou que ”foi bom enquanto durou”.
Tudo ainda é uma incognita gigante, e nada está realmente confirmado ou desmentido. O que muito se fala é que tudo não passa de mais uma jogada de marketing de Conor McGregor, na intenção de aparecer, coisa que ele adora.
Para descontrair com a situação inusitada, algoz de Conor, cujo qual, há uma luta marcada para a revanche entre ele, Nate Diaz, fez uma publicação também usando sua conta oficial no Twitter informando que estava se aposentando .
Confira os posts:

Conor McGregor: “Decidi me aposentar jovem. Obrigado pela grana. Vejo vocês mais tarde” 


O técnico de Conor disse: “Foi bem divertido enquanto durou”


Penso que meu trabalho aqui esta feito. Também estou me aposentando- escreveu Diaz.

Agora o que está em jogo é a luta principal do UFC 200. O Ultimate está contando que essa seja a maior venda de pey per view da história, e com isso, vem casando grandes combates. Com a possível aposentadoria de ambos os atletas haverá um grande desfalque para esse evento.

O UFC200 será em na cidade de Las Vegas, e acontecerá num ginásio do Ultimate, a T-mobile Arena que será inaugurado com esse mega evento, com data marcada para 9 de julho de 2016.



Irlandês planeja aposentar as luvas enquanto ainda estiver saudável: “Sei que nesse meio as pessoas sofrem lesões cerebrais e continuam se machucando a longo prazo”
Campeão interino dos penas do UFC, Conor McGregor revelou à edição inglesa da revista GQ que não pretende continuar no esporte por muito tempo. O irlandês, no entanto, só vai se aposentar depois de ganhar o máximo de dinheiro que puder.
– Eu não sou estúpido, sou um cara brilhante! Eu sei que, nesse meio, as pessoas sofrem lesões cerebrais e continuam se machucando a longo prazo. Eu vou ficar muito, mas muito rico e vou sair do esporte. E, então, veremos o que virá depois disso – declarou o falastrão à publicação.
Enquanto os planos de aposentar as luvas não se concretizam, McGregor deve faturar uma bolada em sua próxima luta. O irlandês encara José Aldo, pela unificação dos cinturões da divisão, em duelo que acontece em Las Vegas, nos EUA, em 12 de dezembro.
O combate tem sido um dos mais aguardados dos últimos tempos e, inicialmente, estava escalado para acontecer em julho, mas o brasileiro precisou se retirar do card por conta de uma lesão na costela e acabou sendo substituído por Chad Mendes. O evento, no entanto, vendeu mais de um milhão de pay-per-views segundo o site do UFC.

Foto: Reprodução/ MMA Heat

Em 16 de julho do ano passado (2016),  o brasileiro Evangelista Cyborg subiu no cage do Bellator para enfrentar o inglês Michael Page na edição 158 desta organização. Nessa noite, o atleta da academia Chute Boxe sofreu a lesão mais grave de sua carreira de lutador, que o forçou a abandonar a sua profissão para evitar prejuízos irreversíveis a longo prazo.

Ainda invicto(12), o Londrino de 29 anos, venceu o brasileiro por nocaute, onde aplicou uma potente joelhada voadora que pegou bem ao meio da testa de Evangelista Cyborg, tamanha potencia do impacto, a parte atingida do crânio chegou a afundar e a se rachar, forçando o lutador a passar por uma cirurgia.

Apesar de declarar não sentir mais nada, em entrevista para o portal americano “MMA Figting”, Cyborg revelou que não pretende mais atuar como lutador profissional por precaução.

“Eu estou me sentindo muito bem, nunca senti nada (depois da cirurgia), mas não acho que voltarei a lutar. Eu não quero correr risco de ficar com alguma sequela para o resto da minha vida e não conseguir passar o meu conhecimento e o meu trabalho para a minha família”, declarou, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’ (EUA).



 

A ex-campeã disse que sua luta contra Amanda Nunes será uma das últimas


Foto: Roberts/USA TODAY Sports Images
Apenas com 29 anos, a americana Ronda Rousey revelou em entrevista que brevemente irá pendurar as luvas. A musa vinha invicta em sua carreira até esbarrar na pugilista Holly Holm em 2015 – cerca de um ano atrás – e sucumbir ao chute certeiro da adversária, que aproveitou para desferir potentes socos, encerrando a luta por nocaute técnico no segundo round.
Após a sua derrota, Ronda passou por maus bocados, a lutadora deixou a sua carreira de atleta um pouco de lado, passou muito tempo fora dos holofotes e, quando finalmente foi flagrada por um fotógrafo, estava nitidamente acima do seu habitual peso.
Em entrevista ao programa americano “The Ellen Show” Ronda revelou que o seu combate contra a brasileira – e atual campeã dos pesos galos femininos) deve ser uma de suas ultimas atuações como lutadora. A luta entre elas está marcada para o último evento deste ano. A edição 207 do UFC acontecerá em Las Vegas no dia 30 de dezembro.
– Não (vou lutar continuar) por muito tempo, eu estou encerrando. Essa é definitivamente uma das minhas últimas lutas. É bom que todos assistam, pois o show não vai durar para sempre – declarou  Rousey

A imprensa e atletas brincaram com os fãs.

Gustafsson não se aposentou.

NÃO, isso mesmo.. Ele não se aposentou. 
O Sueco Alexander Gustafsson chegou a assustar seus fãs com uma brincadeira do dia da mentira.
O lutador usou as suas redes sociais para declarar o fim de sua carreira como lutador de MMA e, consequentemente, do UFC. Rapidamente a noticia viralizou, chegando a nos enganar.

Bj Penn x GSP … sqn !

Foto: Divulgação
Outra notícia que pegpu todo mundo de surpresa, foi o anuncio do BJ Penn que afirmpu que enfrentaria George St-Pierre, no UFC 200.

O retorno de GSP está sendo bastante aguardado pelos fãs, sua legião de admiradores pede rotineiramente que ele volte a lutar,  fontes seguras afirmam que o lutador está flertando novamente com a maior organização de MMA do mundo, e por isso, muitas pessoas caíram.

A notícia foi espalhada pelo próprio atleta, divulgando um site que leva seu nome, portando essa informação.


Teve até Conor McGregor x Ronda Rousey.

Parece até mentira minha, mas acredite se quiser, teve site que abusou por ser 1º de abril e noticiou que Conor McGregor enfrentaria Ronda Rousey.

Pensa que passou por ai ? o portal x foi além e disse que eles disputariam, no UFC 200 o titulo dos pesos galos ”neutros”.

O site ” MMA.TV” foi o responsavel por essa proeza. 

Lutando em casa, “The California Kid” venceu bem todos os rounds.


Foto: Jeff Bottari/ Zuffa LLC
Hoje (17), em Sacramento na Califórnia, Urijah Faber subiu no octógono mais famoso do mundo para fazer a sua ultima luta antes de sua aposentadoria aos 37 anos de idade.
A luta começou bastante pegada, com ataques sem sequencias, os atletas iam se estudando a todo momento sem ninguém abrir brecha, até os dois últimos minutos do round, quando numa tentativa de finalizar Brad Pickett, Urijah Faber tentava pegar o braço do oponente e quando a luta ficou em pé, o californiano conseguiu conectar um potente cruzado de esquerda, levando o adversário ao solo, Faber ainda trabalhou bons golpes no solo, buscou a finalização mas não conseguiu fazer isso no primeiro assalto.
O combate seguiu para o segundo round, Faber usou toda sua esperiencia para se impor no combate e trabalou mais bons golpes até o combate ir para o solo. A luta voltou de pé e Pickett continuou a levar atraso sofrendo mais um knockdown, mesmo diante de tudo isso, não se entregou e defendeu todas as tentativas de finalização do atleta da casa.
Mesmo tendo vencido os dois primeiros rounds, Urijah  Faber voltou para o ultimo assalto buscando mais a luta, chutando alto duas vezes, sem muita efetividade. Faber aplicou uma queda e o round passou a ser trabalhado no chão, ambos os lutadores tentavam finalizar mas nenhum deles obtiveram sucesso nas investidas. Quando o combate voltou de pé, Pickett retribuiu o knockdown, mas Faber abriu um sorriso amarelo, absolvendo o golpe. Já no final do roundo, Faber conseguiu mais uma queda e fechou mais um round.
Aos 37 anos Urijah Faber fez sua 44ª luta como lutador profissional de MMA, sendo 34 vitórias e 10 derrotas. Em sua despedida, “The California Kid” venceu todos os rounds e teve o seu braço erguido por decisão unânime dos árbitros.


O atleta da Nova União disparou: “Eu estou de saco cheio”


Cooper Neil/ Zuffa LLC
Parece que a carreira do “Campeão do povo” teve seu ponto final decretado. José Aldo Junior não suportou o desgaste entre ele e a organização. Após uma série de promessas não cumpridas, o lutador da Kimura Nova União explodiu e  resolveu anunciar sua aposentadoria.
Logo no início da semana, o presidente do UFC descartou a possibilidade de Conor McGregor enfrentar o campeão dos pesos leves do Ultimate. Dana White respondeu a troca de farpas entre os lutadores citados em uma rede social, negando a luta e aformando que quem disputaria o cinturão dos leves seria o Russo Khabib Nurmagumedov.
Em outra oportunidade, Dana White declarou sua vontade de ver a revanche entre José Aldo e seu algoz Conor McGregor para unificar o cinturão da categoria dos pesos penas da organização, Mas hoje, houve uma reviravolta, Conor McGregor passou todos para trás e vai disputar o cinturão dos pesos leves na edição de número 205 da maior organização de MMA do mundo.
Bastante irritado com isso, José Aldo deu suas primeiras declarações já bastante irritado com tamanha desvalorização. Em entrevista o lutador disse para cancelarem o seu contrato e, que não confiava em mais nada que o presidente do UFC falava. Mas o ruim ainda pode piorar, em entrevista ao Combate.com, O lutador amazonense declarou está de “saco cheio” e anunciou a sua aposentadoria.
– Vi o que o Dana falou. Desde que eu perdi eles prometeram uma coisa para mim. Vinha no meu pensamento que eu não queria nem mais lutar MMA, chegou uma hora que chegou no meu limite. Sentei com o Dedé há muito tempo, ele me convenceu de continuar, lutei com o Frankie Edgar para ganhar, foi a luta do Dedé. Quando acabou a luta eu ofereci a vitória a ele. Depois disso, estava esperando, o cara falou que a luta estava fechada, pessoas do UFC falaram que a gente conseguiu a luta. A gente conquistou isso, falaram que a gente tinha que lutar com o Frankie Edgar. Não é que estou de cabeça quente, revoltado, nada disso. Estou muito tranquilo, conversei desde muito antes que queria encerrar minha carreira aos 30 anos de idade e tomar novos rumos. Eu nunca lutei por dinheiro, queria fazer um trajetória boa e deixar um legado na categoria. Queria me aposentar como único campeão peso-pena, mas não foi dessa maneira. Sou campeão interino, estou lá em cima, mas estou realmente estou de saco cheio.

José Aldo tem 30 anos, tem 27 lutas como profissional e amarga apenas 2 derrotas em sua carreira. Está no UFC desde 2011, quando ouve a unificação do extinto WEC com o UFC, e perdeu apenas uma luta.



Gustafsson tem apenas 29 anos e anunciou a aposentadoria pelo Facebook.

O homem que para muitos, bateu Jon Jones e não teve sua mão erguida, anunciou a sua aposentadoria hoje (1), por meio de suas redes sociais.

Por seu pífio desempenho no ano passado, Gustafsson declarou que perdeu a motivação para seguir lutando, então, decidiu encerrar a sua carreira.

Alexander Gustafsson lutava na categoria meio-pesado, seu cartel é 16-3, sendo 2 derrotas seguidas, em 2015.

[TRADUÇÃO DO FACEBOOK] ” É com tristeza que eu tenho para anunciar minha aposentadoria do MMA e o UFC. Tive um 2015 difícil com maus resultados e perdi a minha motivação para o esporte e a formação. O fator decisivo foi minha ultima lesão, examinei hoje  preciso ter uma cirurgia e ficará longe de formação para mais de um ano. É mais triste ao deixar o esporte agora enquanto parece muito fácil conseguir cintos provisório, especialmente desde que eu nunca tive a chance de ter uma verdadeira cinto Emoticon smile Mas a vida não acabou, vou continuar a levar o menino bonito fotos para CARLINGS que eu goste. Bad Boy quem acaba de lançar a minha assinatura t-shirt disse, Alex, se você se tornar um verdadeiro “Bad boy” como jon, iremos inscrever-te a vida, isso pode ser uma opção, trabalho para alguns caras. Unibet têm estado comigo desde o início da minha carreira, agora eu posso ter a chance de passar mais tempo com o glenn e a dar-lhe mais baixo chutes depois da minha lesão. Gymgrossisten.Com, graças a Deus que não só a tempo inteiro atletas pode beber seu bcaa sabor de manga, eu ainda vou precisar dela para manter minha energia enquanto estou caminhando com as minhas muletas para os próximos 9 MESES. Para os próximos 3 meses vou ficar fora de contato enquanto eu cuido dos meus ferimentos, eu terei o meu café da manhã com o amor da minha vida, “Geral” Snus. Eu sempre disse, uma vez que eu terminei com a lutar eu afastar-se-Á Estocolmo e desfrutar de agricultor vida, isso é o que vou fazer. Tempo de qualidade com os meus cães e vacas longe da cidade. Então, por agora, obrigado a todos pelo vosso apoio meus amigos. Não posso te dizer o quanto isso significou para mim e mantive a minha ida. Boa sorte a todos os meus colegas de equipa e obrigado pela tua ajuda. E, finalmente, d. C, uma parte de mim sempre te quis vencer a merda fora de Jon, porque você é um grande modelo como um campeão, mas uma parte da minha queria-te a perder, para que eu pudesse vir e pegar minha revanche contra jones mais tarde quando eu Mereço. Mas agora que estou fora deste jogo, dá-lhe os ganchos que você me deu, dói mesmo. Muito amor, Alex ‪#‎Teammauler‬ ‪#‎iamlajan‬ ”

It is with sadness that I have to announce my retirement from MMA and the UFC. I have had a rough 2015 with bad results…
Publicado por Alexander Gustafsson em Sexta, 1 de abril de 2016

As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs