Tag: Urijah Faber

Urijah Faber pode desistir de aposentadoria para enfrentar TJ Dillashaw
Urijah Faber pode desistir de aposentadoria para enfrentar TJ Dillashaw
Foto: Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Urijah Faber é ex-campeão peso-pena do extinto WEC, e também é ex-treinador de TJ Dillashaw. TJ conquistou pela segunda vez o título de campeão peso-galo do Ultimate. Com isso, Faber pode estar mais ‘mordido’ ainda com a vitória do agora desafeto, que nocauteou o seu pupilo Cody Garbrandt.

Em entrevista ao programa The MMA Hour, Urijah Faber deu margem para essa luta acontecer. Antes do embate entre Dillashaw e Cody, o ‘California Kid’ afirmou que se recebesse uma proposta do UFC para encarar Dillashaw, ele poderia até pensar em voltar.

Integrante do Hall da Fama do Ultimate, Urijah Faber não luta desde dezembro do ano passado, quando venceu Brad Pickett por decisão unânime dos árbitros laterais no UFC On FOX 22 e encerrou as atividades como lutador com um cartel de 34 vitórias e 10 derrotas.

Leia Mais:
Confira os pagamentos da Reebok no UFC 217
[Vídeo] Dana confirma próxima luta e categoria de GSP
TJ Dillashaw vence Cody Garbrandt por nocaute
Dana White pode estar planejando Cyborg x Nunes

Provavelmente, com a grande vitória de Dillashaw sobre Garbrandt, a chama de voltar a entrar no cage para encarar seu ex-pupilo em um possível ‘acerto de contas’ deve ter crescido muito, porém, nem o campeão e nem o Ultimate pronunciaram-se sobre o assunto até o momento.

Carreira de Urijah Faber

O lutador de 38 anos natural de Sacramento, Califórnia, disputou por diversas vezes o cinturão do Ultimate, sendo derrotado em todas elas, para Renan Barão e Dominick Cruz. Em 43 lutas como profissional de MMA, saiu como vencedor em 33 oportunidades.

Os pagamentos informados são referentes APENAS a Reebok e não está incluída bolsa e/ou bônus.


Foto: Josh Hedges/ Zuffa LLC
Um gigante site americano, especializado em MMA, divulgou os valores pagos aos atletas que lutaram na noite de ontem (10), na cidade de Cleveland. nos Estados Unidos, pela edição de número 203 da maior organização de MMA do mundo.
Segundo o MMA Junkie, o valor mais alto pago pela Reebok (patrocinadora oficial do UFC) realizou na noite de ontem, foi para Stipe Miocic. O Valor pago para o campeão dos pesos pesados por sua vitória sobre Alistair Overeem foi de U$ 40.000 (Quarenta mil dolares, que convertido em Real R$ 130.000 -cento e trinta mil).
O segundo maior pagamento foi do desafiante ao título, que foi nocauteado ainda no primeiro round. Alistair Overeem embolçou U$ 30.000 ( Trinta mil dólares. Pouco mais de 98.000 -noventa e oito mil- se convertidos em reais.
Outro fato que vale ressaltar, é que os atletas que não lutaram no evento, mas tiveram suas lutas canceladas próximas ao evento, também receberam seus respectivos pagamentos da patrocinadora.
Confira os valores pagos a todos os atletas:
UFC 203
Stipe Miocic: $ 40.000 def. 
Alistair Overeem: $ 30.000 
Fabricio Werdum : $ 10.000 def. 
Travis Browne : $ 10.000 
Mickey Gall : $ 2.500 def. 
Phil ” CM Punk ” Brooks: $ 2.500 
Jimmie Rivera: $ 2.500 def. 
Urijah Faber: $ 20.000 
Jessica Andrade : $ 5.000 def. 
Joanne Calderwood : $ 2.500 
Bethe Correia : $ 5.000 def. 
Jessica Eye : $ 5.000 
Brad Tavares : $ 10.000 def. 
Caio Magalhães : $ 5.000 
Nik Lentz : $ 15.000 def. 
Michael McBride : $ 2.500 
Tirou Dober : $ 5.000 def. 
Jason Gonzalez : $ 2.500 
Yancy Medeiros : $ 5.000 def. 
Sean Spencer : $ 5.000 
Ian McCall : $ 5.000 * vs. Ray Borg : $ 5.000 * 
CB Dollaway : $ 15.000 * vs. Francimar Barroso : $ 5.000 * * – Não lutaram, mas devido o cancelamento tardio da luta, foi realizado o pagamento.



Reprodução: Getty Images

Foi divulgado hoje os salários dos atletas que competiram no UFC on Fox 22 no último sábado

Em sua despedida dos octógonos, Urijah Faber foi o mais bem pago do evento, seguido de Sage Northcutt e Alan Jouban.

Confira a lista dos pagamentos já com os bônus da noite:
Michelle Waterson recebeu US$ 30 mil (cerca de R$ 102 mil), já incluso o bônus de US$ 15 mil (cerca de R$ 51 mil), pela vitória sobre Paige VanZant, que levou US$ 43 mil (aproximadamente R$ 146 mil);
Mickey Gall recebeu US$ 40 mil (cerca de R$ 136 mil), já incluso o bônus de US$ 20 mil (cerca de R$ 68 mil), pela vitória sobre Sage Northcutt, que levou US$ 60 mil (aproximadamente R$ 204 mil);
Urijah Faber recebeu US$ 320 mil (cerca de R$ 1.088.000), já incluso o bônus de US$ 160 mil (cerca de R$ 544 mil), pela vitória sobre Brad Pickett, que levou US$ 40 mil (aproximadamente R$ 136 mil);
Alan Jouban recebeu US$ 54 mil (cerca de R$ 183 mil), já incluso o bônus de US$ 27 mil (cerca de R$ 92 mil), pela vitória sobre Mike Perry, que levou US$ 14 mil (aproximadamente R$ 48 mil);
Paul Craig recebeu US$ 20 mil (cerca de R$ 68 mil), já incluso o bônus de US$ 10 mil (cerca de R$ 34 mil), pela vitória sobre Luis Henrique “Frankstein”, que levou US$ 14 mil (cerca de R$ 48 mil);
Mizuto Hirota recebeu US$ 34 mil (cerca de R$ 115 mil), já incluso o bônus de US$ 17 mil (cerca de R$ 58 mil), pela vitória sobre Cole Miller, que levou US$ 33 mil (aproximadamente R$ 112 mil);
Colby Covington recebeu US$ 54 mil (cerca de R$ 183 mil), já incluso o bônus de US$ 27 mil (cerca de R$ 92 mil), pela vitória sobre Bryan Barberena, que levou US$ 20 mil (cerca de R$ 68 mil);
Alex Morono recebeu US$ 30 mil (cerca de R$ 102 mil), já incluso o bônus de US$ 15 mil (cerca de R$ 51 mil), pela vitória sobre James Moontasri, que levou US$ 16 mil (aproximadamente R$ 54 mil);
Josh Emmett recebeu US$ 28 mil (cerca de R$ 95 mil), já incluso o bônus de US$ 14 mil (cerca de R$ 48 mil), pela vitória sobre Scott Holtzman, que levou US$ 17 mil (aproximadamente R$ 58 mil);

Leslie Smith recebeu US$ 50 mil (cerca de R$ 170 mil), já incluso o bônus de US$ 25 mil (cerca de R$ 85 mil), pela vitória sobre Irene Aldana, que levou US$ 12 mil (aproximadamente R$ 41 mil);

Eddie Wineland recebeu US$ 58 mil (cerca de R$ 197 mil), já incluso o bônus de US$ 29 mil (cerca de R$ 98 mil), pela vitória sobre Takeya Mizugaki, que levou US$ 39 mil (cerca de R$ 133 mil);

Hector Sandoval recebeu US$ 24 mil (cerca de R$ 82 mil), já incluso o bônus de US$ 12 mil (cerca de R$ 41 mil), pela vitória sobre Fredy Serrano, que levou US$ 12 mil (aproximadamente R$ 41 mil);

Sultan Aliev recebeu US$ 20 mil (cerca de R$ 68 mil), já incluso o bônus de US$ 10 mil (cerca de R$ 34 mil), pela vitória sobre Bojan Velickovic, que levou US$ 12 mil (cerca de R$ 41 mil);


 

Vale salientar, que na presente matéria consta APENAS o pagamento do patrocinador.

Foto: Jake Roth- USA TODAY Sports
  No ultima sábado (4), os fãs de MMA tiveram um grande presente com a edição 199  do Ultimate, onde em seu card, contava com duas disputas de cinturões: da divisão dos galos e dos pesos médios.
  Além disso tudo, foi uma noite de reencontros, revanches em disputas de cinturões, apimentando o combate, tornando ainda mais atrativos os combates entre Dominick Cruz x Urijah Faber e Luke Rockhold x Michael Bisping.
  Os lutadores mais bem pagos pela patrocinadora oficial do UFC foram Luke Rockhold e Dominick Cruz, ambos embolsaram $ 40,000 (quarenta mil dólares), cerca de de R$140.000 (cento e quarenta mil reais).


Confira:

Michael Bisping: $30,000;
Luke Rockhold: $40,000;

Dominick Cruz: $40,000;
Urijah Faber: $30,000;

Max Holloway: $10,000;
Ricardo Lamas: $15,000;

Dan Henderson: $15,000;
Hector Lombard: $5,000;

Dustin Poirier: $15,000;
Bobby Green: $10,000;

Brian Ortega: $2,500;
Clay Guida: $20,000;

Beneil Dariush: $5,000;
James Vick: $5,000;

Jessica Andrade: $5,000;
Jessica Penne: $2,500;

Alex Caceres: $10,000;
Cole Miller: $15,000;

Sean Strickland: $5,000;
Tom Breese: $2,500;

Luis Henrique da Silva: $2,500;
Jonathan Wilson: $2,500;

Kevin Casey: $2,500;
Elvis Mutapcic: $2,500;

Polo Reyes: $2,500;
“Maestro” Dong Hyun Kim: $2,500;

Lutando em casa, “The California Kid” venceu bem todos os rounds.


Foto: Jeff Bottari/ Zuffa LLC
Hoje (17), em Sacramento na Califórnia, Urijah Faber subiu no octógono mais famoso do mundo para fazer a sua ultima luta antes de sua aposentadoria aos 37 anos de idade.
A luta começou bastante pegada, com ataques sem sequencias, os atletas iam se estudando a todo momento sem ninguém abrir brecha, até os dois últimos minutos do round, quando numa tentativa de finalizar Brad Pickett, Urijah Faber tentava pegar o braço do oponente e quando a luta ficou em pé, o californiano conseguiu conectar um potente cruzado de esquerda, levando o adversário ao solo, Faber ainda trabalhou bons golpes no solo, buscou a finalização mas não conseguiu fazer isso no primeiro assalto.
O combate seguiu para o segundo round, Faber usou toda sua esperiencia para se impor no combate e trabalou mais bons golpes até o combate ir para o solo. A luta voltou de pé e Pickett continuou a levar atraso sofrendo mais um knockdown, mesmo diante de tudo isso, não se entregou e defendeu todas as tentativas de finalização do atleta da casa.
Mesmo tendo vencido os dois primeiros rounds, Urijah  Faber voltou para o ultimo assalto buscando mais a luta, chutando alto duas vezes, sem muita efetividade. Faber aplicou uma queda e o round passou a ser trabalhado no chão, ambos os lutadores tentavam finalizar mas nenhum deles obtiveram sucesso nas investidas. Quando o combate voltou de pé, Pickett retribuiu o knockdown, mas Faber abriu um sorriso amarelo, absolvendo o golpe. Já no final do roundo, Faber conseguiu mais uma queda e fechou mais um round.
Aos 37 anos Urijah Faber fez sua 44ª luta como lutador profissional de MMA, sendo 34 vitórias e 10 derrotas. Em sua despedida, “The California Kid” venceu todos os rounds e teve o seu braço erguido por decisão unânime dos árbitros.


Como já esperado, Conor foi o dono da maior bolsa. E José Aldo, mesmo com a derrota relâmpago, foi a 2ª.

Foto: Arquivo Pessoal/ Instagram
Segundo informações do site G1 conor Mcgregor ganhou R$150 mil por cada segundo de luta. Conor é um fenômeno do marketing e foi bem compensado por isso, Além de tomar o cinturão de José Aldo, ainda levou uma bolada para casa. cerca de US$ 500 mil (quase 2 milhões de reais).
Para José Aldo, um ótimo acalento, o atléta da Nova União recebeu cerca de US$ 400 mil (aproximadamente 1,6 milhões). Em seguida, veio Luke e Weidman.
Confira a lista completa:



Card principal (Pay-per-view)
Conor McGregor ($500,000 + no win bonus = $500,000) x Jose Aldo ($400,000)
Luke Rockhold ($80,000 + $80,000 = $160,000) x Chris Weidman ($275,000)
Yoel Romero ($125,000 + $25,000 = $150,000) x Ronaldo Souza ($135,000)
Demian Maia ($78,000 + $78,000 = $156,000) x Gunnar Nelson ($75,000)
Max Holloway ($45,000 + $45,000 = $90,000) x Jeremy Stephens ($43,000)

Card Preliminar
Urijah Faber ($150,000 + $150,000 = $300,000) x Frankie Saenz ($20,000)
Tecia Torres ($12,000 + $12,000 = $24,000) x Jocelyn Jones-Lybarger ($10,000)
Warlley Alves ($21,000 + $21,000 = $42,000) x Colby Covington ($18,000)
Leonardo Santos ($20,000 + $20,000 = $40,000) x Kevin Lee ($21,000)
Magomeod Mustafaev ($12,000 + $12,000 = $24,000) x Joe Proctor ($13,000)
Yancy Medeiros ($21,000 + $21,000 = $42,000) x John Makdessi ($30,000)
Court McGee ($24,000 + $24,000 = $48,000) x Marcio Lyoto ($12,000)


As principais notícias do esporte que mais cresce no mundo, em um só lugar. 

Contate-nos:  

[email protected]

© Copyright 2015-2018 Tudo Sobre MMA| desenvolvido por: Vedrak Devs