UFC 257: Poirier x Conor

UFC 257 – Resultados: Dustin Poirier x Conor McGregor 2

Neste sábado (23) aconteceu o UFC 257 diretamente da Ilha da Luta em Abu Dhabi. Foi o primeiro evento numerado de 2021. O duelo principal aconteceu pela divisão dos leves entre o irlandês Conor McGregor e o americano Dustin Poirier.

O confronto co-principal marcou a estreia do ex-campeão do Bellator, Michal Chandler. O americano enfrentou pela divisão dos leves o neozelandês Dan Hooker.

Abrindo o card principal, Marina Rodriguez e Amanda Ribas fizeram um duelo brasileiro pela categoria peso-palha. Outro brasileiro presente no card é Antônio Cara de Sapato, que enfrentou o americano Brad Tavares na categoria dos médios.

RESULTADOS DO UFC 257 EM TEMPO REAL:

CARD PRINCIPAL:
Peso-leve: Dustin Poirier venceu Conor McGregor por nocaute técnico (socos) aos 2:32 do 2º round
Peso-leve: Michael Chandler venceu Dan Hooker por nocaute técnico aos 2:30 do 1º round
Peso-mosca: Joanne Calderwood venceu Jessica Eye por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-médio: Makhmud Muradov venceu Andrew Sanchez por nocaute técnico (socos) aos 2:59 do 3º round
Peso-palha: Marina Rodriguez venceu Amanda Ribas por nocaute técnico (socos) aos 54s do 2º round


CARD PRELIMINAR:
Peso-casado (71,2kg): Arman Tsarukyan venceu Matt Frevola por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26)
Peso-médio: Brad Tavares venceu Antônio Cara de Sapato por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Peso-galo: Julianna Peña venceu Sara McMann por finalização (mata-leão) aos 3:39 do 3º round
Peso-meio-pesado: Marcin Prachnio venceu Khalil Rountree Jr por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Peso-casado (68kg): Movsar Evloev venceu Nik Lentz por decisão unânime (29-28, 28-29, 29-28)
Peso-mosca: Amir Albazi venceu Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Leia também: McGregor afirma ter a resposta para “destruir” Khabib

SIGA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM

Valentina Shevchenko

Valentina Shevchenko supera Jennifer Maia na decisão no UFC 255

Na co-luta principal do UFC 255 neste sábado (21) em Las Vegas, a campeã Valentina Shevchenko manteve o cinturão peso-mosca. Na sua frente estava a brasileira Jennifer Maia, que chegou a ter um momento de controle na luta, porém não o suficiente para frear a pressão da quiguistanesa que levou a melhor por decisão unânime.

A luta: O duelo começou quente com as duas lutadoras indo para trocação franca. Em aproximação Valentina levou Jennifer para o solo e ficou por cima. A brasileira buscava travar os braços da campeã afim de não dar espaço para Shevchenko golpear no ground and pound. Ainda que tenha ficado em posição de domínio durante boa parte do primeiro round, Valentina não conseguia contundência nos golpes e não arriscava muitos ataques.

Não demorou muito e nos primeiros instantes do segundo round novamente Valentina tentou levar a luta para o chão. Mas dessa vez Jennifer Maia resistiu e agarrou a quiguistanesa de costas para a grade. Na briga pela melhor posição na luta agarrada em pé, Maia levou vantagem, conseguiu quedar a campeã e ficou por cima e controlou a luta até o final do segundo assalto.

A terceira etapa teve Jennifer Maia buscando a luta agarrada, mas dessa vez a campeã rechaçou a aproximação da brasileira. O duelo ficou no centro do octógono e Shevchenko acertou um bom chute alto e um direto na guarda da brasileira, em sequência emplacou uma belíssima queda e foi para cima da desafiante, porém não demorou muito para Jennifer conseguir reestabelecer a luta em pé e tentar agarrar Valentina, que revidou terminando o round com mais uma queda.

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

No penúltimo round Valentina voltou a mostrar mais potência nos golpes desferidos em pé e conseguia conectar boas sequências na guarda da brasileira. Com um pouco mais de três minutos Maia acertou dois cruzados de direita na campeã, porém Valentina respondeu com uma queda e foi para o amassa na curitibana no chão. Trabalhando posição no solo por cima, Valentina conseguiu ir para as costas, enquanto a brasileira tentava resistir as investidas.

No último assalto, Jennifer Maia foi para o tudo ou nada. Perdendo a luta, e orientada pelo seu corner a buscar a vitória pela via rápida, foi para cima de Valentina no começo, porém a campeã respondeu com algumas sequências em pé. Maia tentou surpreender a campeã na luta agarrada na grade, mas o combate voltou a se desenvolver na trocação. Shevchenko conseguia levar vantagem e seguia conectando bons golpes no frontal da brasileira.

Em decisão oficial dos juízes laterais, Valentina Shevchenko foi declarada vencedora por decisão unânime e emplacou a quinta defesa do cinturão peso-mosca.

VEJA TODOS OS RESULTADOS DO UFC 255

Amanda Nunes

Amanda Nunes deixa luta contra Megan Anderson e duelo acontecerá em 2021

O duelo entre Amanda Nunes e Megan Anderson deverá acontecer somente em 2021. Segundo informou a ESPN, a brasileira deixou o duelo que estava marcado para acontecer no UFC 256, no dia 12 de dezembro. O motivo de sua saída ainda é desconhecido.

Amanda Nunes defenderia o cinturão dos penas pela segunda vez. A primeira aconteceu em junho, quando venceu Felicia Spencer. A Leoa detém também o cinturão dos galos, no qual já defendeu cinco vezes.

Até o momento o Ultimate não se pronunciou oficialmente. Ao que tudo indica, o duelo principal do UFC 256 será entre o campeão dos galos Petr Yan e Aljamain Sterling.

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

DOS ANJOS COM NOVO ADVERSÁRIO

Faltando menos de uma semana para o evento, o brasileiro Rafael dos Anjos ganhou um novo adversário. Depois de Islam Makhachev deixar a luta contra o ex-campeão, o irlandês Paul Felder entrou para substituir o russo.

O duelo continuará sendo a luta principal e terá cinco rounds. O embate marcará o retorno de Rafael dos Anjos no peso-leve. Já Paul Felder não luta desde fevereiro, quando foi derrotado por Dan Hooker.

Leia também: Lutador do UFC é condenado a 22 meses de cadeia

Bethe Correia fará luta de despedida contra chinesa

Bethe Correia fará luta de aposentadoria contra chinesa no UFC

Em sua conta no instagram, a lutadora Bethe Correia anunciou que fará sua última luta da carreira no UFC. Segundo adiantou o site Ag.Fight, a brasileira enfrentará a chinesa Wu Yanan, no dia 5 de dezembro, em local ainda não definido.

Em seu cartel profissional, Bethe acumula 11 vitórias, cinco derrotas e um empate. Seu momento no Ultimate não é nada bom, foram apenas duas vitórias nas últimas oito lutas.

Bethe chegou a disputar o cinturão dos galos depois de emplacar três vitórias consecutivas em 2015. A atleta brasileira acabou superada pela americana Ronda Rousey por nocaute no UFC 190, no Rio de Janeiro.

Veja nossas últimas notícias

Sua última aparição no octógono aconteceu no dia 25 de julho desse ano, onde saiu derrotada em duelo diante de Pannie Kianzad na decisão unânime. Recentemente saiu a notícia que a paraibana havia sido demitida do Ultimate, porém, a ex-desafiante ao título do peso-galo chegou em um acordo com a organização para fazer sua luta de despedida.

Wu Yanan também busca recuperação. A chinesa vem de derrota para Mizuki Inoue por decisão dividida em agosto de 2019. Em seu cartel profissional detém 11 vitórias e três derrotas.

Ouça nosso podcast – Spotify | Deezer | Itunes

Foto: Getty Images