Chris Weidman fala sobre cirurgia, agradece apoio de ‘Spider’ e projeta retorno

1

O americano Chris Weidman quebrou o silêncio e se manifestou pela primeira vez depois da lesão sofrida no último sábado (24) no UFC 261, em Jacksonville (EUA). Em duelo contra o jamaicano Uriah Jall, o ex-campeão com apenas 17 segundos de luta quebrou a perna direita ao desferir um chute baixo.

A grave lesão assustou a todos que acompanhava o evento. Chris Weidman ligeiramente foi encaminhado para um hospital e no domingo (25) passou por uma cirurgia para reparar a fratura. Depois de sua esposa confirmar que a cirurgia foi um sucesso, o próprio lutador por meio de uma rede social acalmou os fãs e ainda falou da mensagem de apoio publicada por Anderson Silva, já que o brasileiro teve a mesma lesão quando enfrentou ele em 2013.

“Tenho visto muito amor e apoio. Não tenho conseguido ficar muito com meu celular. A dor é muito grande, e eu sei que Uriah Hall foi superelegante, triste pelo que aconteceu. Fico muito agradecido! Fiquei sabendo que Anderson Silva também disse coisas positivas. É muito brutal, mas vou passar por isso”.

Chris Weidman também falou sobre o possível tempo de recuperação, além de dar detalhes sobre como foi o procedimento cirúrgico.

“Acho que vai demorar oito semanas até que eu consiga andar sem muletas, dirigir e tudo mais. E então, no que diz respeito ao treinamento, eu não sei. Disseram que entre seis e 12 meses estarei pronto para seguir. A cirurgia foi um sucesso. Colocaram uma haste de titânio na minha tíbia, que vai até o joelho, para deixar endireitado e firme. e minha fíbula também foi quebrada”, revelou o lutador americano.

Retrospecto de Chris Weidman:

Com 15 vitórias e seis derrotas na carreira, Weidman teve seu momento de auge na carreira em 2013 quando faturou o cinturão dos médios depois de chocar o mundo ao vencer o brasileiro Anderson Silva. Após defender três vezes o título, o americano iniciou a má fase ao perder para o compatriota Luke Rockhold.

Além de ficar sem o cinturão, Weidman fez mais sete lutas no Ultimate, saiu vitorioso em apenas duas e foi superado em cinco lutas. O ‘All-American’ até se desafiou na divisão acima – meio-pesado -, mas acabou nocauteado por Dominick Reyes.

  1. […] Após a cirurgia o lutador se pronunciou, para falar que tudo correu bem, como esperado e dizer que está recebendo muito apoio e citou o brasileiro Anderson Silva. O ex-campeão agradeceu todas as energias positivas e declarou que irá sair dessa. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.